SAIBA COMO A HIPNOSE CONDICIONATIVA PODE MELHORAR SUA VIDA, SEU DESEMPENHO FÍSICO E MENTAL. A HIPNOTERAPIA OU HIPNOSE CLINICA AUXILIA EM PROCESSOS DE ANSIEDADE, TRAUMAS, DEPENDÊNCIA QUÍMICA, INSONIA, IMPOTÊNCIA SEXUAL, DEPRESSÃO, FOBIAS, SINDROMES, COMPULSIVIDADE ALIMENTAR, OBESIDADE, REFLEXO E CONDICIONAMENTO FÍSICO-MENTAL EM ATLETAS, MEMORIZAÇÃO, TIMIDEZ, ORATÓRIA (COMUNICAÇÃO EM PÚBLICO), CONTROLE DA DOR, ANALGESIA, DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS, TPM E MUITO MAIS ... MAIS INFORMAÇÕES SOBRE CURSO DE FORMAÇÃO EM HIPNOSE CONDICIONATIVA, ESTUDOS DE CASOS CLÍNICOS, DEPOIMENTOS, PALESTRAS, CATÁLOGO NACIONAL E INTERNACIONAL DE HIPNÓLOGOS, CURIOSIDADES, INFORMAÇÕES, SALA DE VÍDEOS, ETC - ACESSE: www.institutohipnologia.com.br - TELEFONE DE CONTATO: 55 (14) 3622 8027 ESTE SITE ESTÁ VINCULADO AO GRUPO HIPNOSE CLÍNICA DO INSTITUTO BRASILEIRO DE HIPNOLOGIA E SOCIEDADE IBERO AMERICANDA DE HIPNOSE CONDICIONATIVA Hipnose Clínica Condicionativa - A mais nova linha de hipnose clínica mundial - A medicina do futuro !

Tags: impotencia sexual hipnose hipnosis panico sindrome estresse letargia ansiedade depressao timidez dor
15/02/2008 23:40
De: Fernanda
IP: 200.96.119.215

Re: Causas

Sofro da SII, e pude perceber até agora q sempre q fico nervosa ou ansiosa com alguma coisa os sintomas aumentam muito. Não sei se esta síndrome está associada a fatores emocionais, mas gostaria de saber mais  a respeito disso. Peço q se alguém souber mais sobre o assunto  entre em contato comigo. Obrigado!
04/10/2003 02:32
De:
IP: 200.226.213.52-

Crise Epilepsia

Se as situações vivenciadas ou revivenciadas na hipnose servem de catarse curando os traumas resultantes das vivencias reais porque razão a regressão que envolve uma crise hepiléctica não cura a hepilepsia e pelo contrário, é prejudicial ao doente?
17/08/2003 12:45
De: Luiz
IP: 200.182.154.55

Re: Re: Re: Re: Re: Re: Re:

Oi Katia,
Fico feliz por ter contribuído um pouco para sua tranquilidade.
Meu trabalho é sério e gratificante, procuro dedicar uma parte do meu tempo para ajudar as pessoas, infelizmente sou um só ...
Boa sorte no seu tratamento, nos mantenha informados.
Grande e forte abraço
Luiz
10/08/2003 13:46
De: Fer
IP: 200.226.204.214

**Hiperidrose - Ao Luiz**


Olá Luiz...
Lendo aki algumas informações de pessoas q tbém sofrem com esse problema, gostaria de saber mais a respeito da hipnose... Qual a diferença entre hipnose e regressão?! Penso em fazer a cirurgia, mas temo pelos contras... Já pensei em fazer regressão, mas naum sei onde...
Acredito q tenha muito a ver c/ o emocional...
Gostaria de uma ajudinha...
Se tiver um tempinho, me responda...
Obrigada pela atenção... Fernanda.
02/05/2004 14:20
De: Paula Ribeiro
IP: 213.58.88.95-

Re: Informações

Gostaria que me indicassem um hipnoterapeuta, de preferência portugês e que dê consultas na zona norte de Portugal. Acredito que este método me irá ajudar a enfrentar os meus variadíssimos problemas. Agredeço a Vossa ajuda.
04/04/2004 02:22
De: Luiz
IP: 200.226.4.50-

Re: Oculto

Prezado Rui Melo, bem vindo ao site !
É um prazer ter você conosco, apesar deste site ser administrado no Brasil (São Paulo), possuímos um grande intercâmbio com Portugal.
No que se refere ao Prof. Alberto Lopes, infelizmente não conheço seu trabalho !, sei que ele é muito procurado neste site, mas nunca se fez presente, ao contrário de dezenas de outros hipnólogos de diversas partes do mundo.
Não posso falar pelo Prof. Alberto, mas posso falar pelas minhas próprias experiências e vivência de 32 anos de pesquisas e desenvolvimento na área da hipnose.
- O homem não utiliza 10% do seu potencial mental.
- Não temos nada "oculto" e sim não desenvolvido ou inerte.
- Não se preocupe com "mover objetos através da mente", mas se preocupe com a energia do pensamento...infelizmente são muito poucas pessoas que sabem utilizar o "pensamento" satisfatoriamente e positivamente. No dia que a humanidade pensar positivamente não haverá mais violência, divórcio, discórdias, muito menos guerras !
- Temos sim a capacidade de sair do corpo físico de forma "consciente" basta que você esteja em equilíbrio e harmonia, ter pleno domínio de técnica e vontade de realizar viagem astral. Constantemente seu corpo mental se projeta distante de seu corpo físico, mas de forma inconsciente, visite os endereços eletrônicos que falam sobre "viagem astral".
- Com respeito as curas (auto-cura ou projeção de energia para cura) é perfeitamente possível realizar, a "oração" é uma forma de cura mas, infelizmente as pessoas não sabem orar nem conseguem controlar a energia de seu pensamento (mental) para sua auto-cura (preferem pagar médico e se entupir de medicamentos) ou projetar sua energia para curar alguém mas, o processo de cura não é tão fácil como aparenta, este seria um assunto para muitas horas, todos nós possuímos o "dom" da cura, no entanto não sabemos administrá-lo.
- Com referência a Deus, não gostaria de entrar no mérito da questão, pois respeito a crença de cada um, não importa em que Deus acredite e que caminho cada um segue para chegar até Ele, desde que pratique o BEM e a PAZ no coração dos homens.
Como hipnólogo clínico e cientista (não sou exibicionista de televisão nem vendedor de livros), gostaria de encontrá-lo em Aveiro para poder, pessoalmente, lhe esclarecer esses e muitos outros pontos que tenho certeza tens dúvida, pois a Mente Humana é a coisa mais fantástica que você possa imaginar !
Um grande e fraternal abraço
Luiz Crozera
09/07/2008 01:23
De: Rafael Ramos (instituto_hipnologia@hotmail.com)
IP: 201.94.177.186

Re: Dúvida

Olá JK,
Certamente as patologias que você apresenta, todas tem causas, que de alguma forma foram incorporadas no psiquismo, em algum momento da vida (da gestação até o momento presente), os medicamentos atuam até o campo neural, não chegam nas causas, o efeito do medicamento passa e as causas continuam na mente, por outro lado toda questão comportamental também tem causa, que normamente estão localizadas no nível inconsciente da memória. Por meio da Hipnose Condicionativa é possível descondicionar e recondicionar a mente, chegar até as causas, bloqueando-as, sem necessidade de investigação e sofrologia, promovendo mudanças de comportamento, controlando transtornos, estados emocionais, compulsões, abstinência, etc.
No site http://groups.msn.com/hipnoseclinica encontrará muitas informações, assim como o Catálogo Nacional dos Hipnólogos para agendamento de consultas.
Estamos ao seu dispor.
Atenciosamente,
Rafael Ramos
Instituto Brasileiro de Hipnologia
23/09/2003 00:46
De: Luiz
IP: 200.226.228.53

Re: Re: Re: Re: Re: Impotência Sexual

Olá Nelson,
Fico feliz que esteja tudo bem, mas gostaria de lhe prestar algumas informações importantes, que possivelmente possa servir para mais pessoas que buscam o site:
Em qualquer idade o homem pode ter distúrbios do desejo sexual, da ereção e da ejaculação mas, uma falha sexual de qualquer destes tipos, que caracterize uma impotência orgástica, pode fazer surgir a indesejável e amedrontadora idéia do “estou ficando velho, tudo acabou”, o que na realidade, mostra um despreparo do homem por falta de conhecimento desta tão importante fase da sua vida, devido aos mitos, preconceitos e à falta de informação, que pode acionar fatores psicológicos desencadeantes do mito de que “está chegando a hora” e não de que é um “problema da idade” que merece uma boa orientação e um tratamento adequado.
Muito embora a espermatogênese vá até uma idade avançada, ou seja, a capacidade reprodutiva do homem vá até 80 a 90 anos ou mais, de repente, o homem descobre no espelho que as rugas aumentaram, as entradas na testa se alongaram, as gordurinhas se localizaram, a barriga ficou proeminente e, nem dá para enxergar o órgão sexual ou mesmo os pés... Mas existem muitos homens que, para se desvenciliam de suas obrigações afetivas usam o pretexto de que “estou cansado, é a idade”. E outros que se sentem privados de sua liberdade de sair, de ficar com os amigos quando a mulher quer controlar suas vidas, estes deixam acontecer a andropausa para se verem livres de suas mulheres mas, a bem verdade, ao não exporem os seus verdadeiros sentimentos, acabam se prejudicando, deixando de viverem bem consigo mesmos, esquecendo-se de que a sexualidade é como o vinho, quanto melhor praticada melhor se torna o prazer.
E os sintomas característicos desta fase do homem são o cansaço, a diminuição do tônus muscular, a diminuição da força, a diminuição da audição e da visão, a depressão, a diminuição do interesse sexual, a dificuldade de ereção, a falha da ereção, a falha da ejaculação, o atraso da ejaculação, relações deficientes ou incompletas, a perda progressiva da memória com esquecimentos freqüentes, insônia, perda da potência sexual, excessiva transpiração, alteração do humor, irritabilidade, insegurança, depressão, sentimento de solidão e a redução da autoconfiança e da auto-estima. Como, aparentemente, não há mudanças hormonais significativas, toda esta gama de sintomas ocorrem também devido aos fatores psicosocioculturais que somente à sutil diminuição da testosterona, o hormônio masculino, cuja queda ocorre lenta mas progressivamente, à monta de 1% ao ano até chegar ao limite inferior da normalidade e também à sutil baixa da androsterona. Não se deve esquecer que o processo de envelhecimento está muito relacionado à arteriosclerose, enfermidade que atinge todo o sistema vascular arterial, endurecendo e diminuindo a luz dos vasos, diminuindo o aporte sangüíneo e a oxigenação e, conseqüentemente a nutrição do organismo em geral.
E com os complexos da fase etária, parece que o homem andropáusico sofre a influência do estigma da aposentadoria e faz que está na “idade do lobo” e assim ele nega o que o espelho lhe mostra, pinta os cabelos, se ilude de que está no auge da potência, conta vantagens, se comporta como adolescente, e sai de braços dados com uma mocinha para gerar olhares e comentários que lhe massageiam o seu ego, por pura auto-afirmação.
Na realidade, para o homem informado, a andropausa não é uma crise e sim uma importante fase de amadurecimento, na qual ele deve despertar, com razão e sabedoria, as suas virtudes e seus verdadeiros valores. E para que isto ocorra, deve o homem inteligente recorrer às terapêuticas que melhor lhe convierem, propiciando uma melhor qualidade de vida, a fim de restabelecer o seu estado de saúde e não se tornar suscetível a adoecer daquilo que ele pode prevenir.
Na maioria dos casos o tratamento engloba uma terapêutica à base de remédios como os homeopáticos, os ortomoleculares e os florais; orientação alimentar à base de peixes, hortaliças e frutas com diminuição dos açúcares, gorduras e sal; evitar o fumo; evitar o sedentarismo; exercícios adequados; suplementação de vitaminas, sais minerais, oligoelementos, antioxidantes, aminoácidos, tudo para melhorar o estado de saúde mental e orgânico, a potência sexual, o condicionamento físico, a neurotransmissão dos estímulos sexuais e a massa muscular corporal.
Fico a sua disposição para quaisquer esclarecimento que se julgue necessário.
Um Fraterno abraço
Luiz
26/03/2004 12:57
De: Anabela
IP: 194.65.14.77-

Perda de peso

Olá Professor Alberto e Professor Luiz,
Sou uma mulher de 29 anos que teve uma depressão há cerca de dois anos. Como consequência da medicação que tomeu para tratamento da dita depressão aumentei bastante de peso (cerca de 20 quilos), e a partir daí não mais consegui voltar ao normal. O meu problema não é comer de mais, pois sou uma pessoa que pura e simplesmente não gosta de comer, contudo não há ginástica, dieta, ou o que quer que seja, que me ajude a voltar ao normal.
Ás vezes acho que incoscientemente me castigo a mim própria, pois fui vítima de assédio sexual, uma das razões pelas quais entrei em depressão, e que sem o querer, procuro tornar-me feia. Contudo sofro por me sentir gorda.
A minha pergunta era se há forma de induzirmos a perda de peso no nosso inconsciente.
Obrigada.
12/06/2004 02:39
De: Cristiane (kikasantos@click21.com.br)
IP: 200.147.109.250-

Interesse hipnose

Olá, meu nome é Cristiane, sou estudante do 3 período de medicina da Universidade Federal do Maranhão-Brasil. Já participei de uma oficina de hipnose, de curta duração, na qual tive uma pequena amostra da técnica. O assunto me interessou bastante, por isso gostaria de aprofundar-me no mesmo, para isso peço a ajuda de vocês. Parabéns pelo fórum e pelo grupo.
15/07/2003 03:57
De: anabela martins (centronaturopatia@sapo.pt)
IP: 194.65.100.8

Epilepsia

tenho um caso para tratar de um paciente k tem epilepsia e k gostaria de fazer regressão. será k ao voltar no tempo não vai vivenciar novamente a epilepsia mesmo fisicamente ou vai ser so espectador dele proprio. agradeço que me ajudem para eu poder seguir com a regressão.
Seu IP: 3.238.174.50 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)