SENHORES USUÁRIOS, INFELIZMENTE, O SITE NÃO ACEITA MAIS NOSSAS POSTAGENS E RETORNA MENSAGENS DE ERRO. EM RAZÃO DISSO, MUITOS PACIENTES NÃO TÊM RECEBIDO A ORIENTAÇÃO DE QUE TANTO NECESSITAM. JÁ CONTATAMOS OS TÉCNICOS DA EMPRESA RESPONSÁVEL, MAS ELES NÃO PUDERAM SOLUCIONAR O PROBLEMA. POR ESTE MOTIVO, ESTAMOS MUDANDO DE SITE. INFORMAREMOS O ENDEREÇO, ASSIM QUE O NOSSO NOVO FORUM ESTIVER NO AR. PEDIMOS DESCULPAS A TODOS. Paulo Benevento. Diretor jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo.

Tags: direito cancer direitos
03/06/2009 18:16
De: Jacira costa porto
IP: 187.21.197.187

Aposentadoria

após trabalhar numa cia aerea por 17 anos, sendo comissaria de bordo, adquiri um cancer de mama após dois anos fora da empresa.Como haviam micrometastase nos linfos, tive um corte na axila esquerda, me impossibiltando de mexe-lo com facilidade e sem agilidade de antes, inclusive tenho o braço volta e meia inchado e trancado, me impossibiltando de trabalhar normalmente...gostaria de saber quais os direitos que tenho, fiquei doente em abril de 2000.
obrigada
20/02/2009 09:22
De: Katia M R G
IP: 201.19.88.237

Cancer de mama

Bom dia, gostaria de um esclarecimento. Tive cancer de mama este ano e fiz cirurgia de retirada e farei tratamento de hormonioterapia durante 5 anos, fiz tambem retirada de 2 vazos linfaticos o que atrapalha um pouco o movimento correto do braço. Trabalho direto com computador e processos. O que poderei reivindicar ao meu favor. Redução de carga horária? mudança de setor? aposentadoria? o que seria melhor para o meu caso? E , quanto a isenção  ou desconto no imposto de renda? obrigado.
03/05/2009 21:27
De: vera cristina de paula soares
IP: 201.43.172.105

Saber sobre meus direitos

oi como vai tds
meu nome é Vera cristina de paula soares,estou um pouco perdida eu não sei se vcs vai pode me explicar o que vou escrever,tive cancer mama em 2005 fui operada em 17 de setembro de 2005,ranquei a mama esquerda correto.eu queria saber que depois da minha doença comecei a pagar o meu nss nunca paguei o nss,paguei 2006,2007,2008 acho que foi a metade de 2008não tenho certeza,mas gostaria de saber se tenho direito a me aposentar fui já no nss e eles sempre me enrola dizendo que eu comecei a pagar depois da minha doença por isso não tinha direito nem o beneficio não posso trabalhar porque meu braço é muito inchado estou morando com a minha sogra porque é meu marido que me ajuda saimos de alugueis,temos contas p~pagar o meu marido fez um empressimo no banco na epoca o hospital não davam remedios o meu marido que comprava estacionamentos também que eu fiz os 9 meses de quimio e 12 dias de radioterapia. vcs ajacham que eu tenho direito ao menos o beneficio e a posentadoria ou tenho que pagar mas tempo.tem como vcs me ajudar espero respostas Ass: Vera Cristina de Paula Soares
21/07/2009 15:27
De: Sueli
IP: 201.68.213.47

Temodal

Boa Tarde, Dr. Paulo
Minha cunhada já passou por duas cirurgias na cabeça por causa de um cancer Está sendo prescrito pelo médico quimioterapia com Temodal . A minha dúvida é: se é posssivel e como prosceder para conseguir o medicamento através do seguro saúde ou de orgãos públicos, pois o custo do medicamento é muito alto , impossibilitando o tratamento Desde já agradeço
Sueli
15/08/2009 22:04
De: roseli diamante de oliveira
IP: 201.76.53.103

Direitos

oi a 2 anos faço tratamento de cancer de mama,fiz cirurgia e esvaziei as axilas e todos os outros processos hoje estou de licença do meu trabalho e com decorençia do tratamento estou com dois iptu atrsado.gostarioa de saber se eu posso entrar com recursos na prefeitura p/ não pagar o iptu e o que eu devo fazer...tambem gostaria de saber como eu faço o tratamento fora do estado por opção minha pois tem o tratamento no meu estado mais eu sinto mais confiança em fazer fora,gostaria de saber se tenho direito a ajuda de custo[passagem e estadia]e o que eu devo fazer....obrigada aguardo resposta.
10/02/2009 10:14
De: Paulo Benevento (paulobenevento@aasp.org.br)
IP: 201.74.30.216

Re: Aposentadoria por invalidez - neoplasia

Olá, Giselle.
A pergunta é muito pertinente. A "incapacidade", "temporária" (caso de concessão de auxílio-doença), e "permanente" (caso de concessão de aposentadoria por invalidez) são conceitos totalmente distintos. A "incapacidade", para concessão de auxílio-doença, significa a impossibilidade de realizar a atividade habitual, por mais de 15 dias (pode ser total ou parcial). Já a "incapacidade", no caso da aposentadoria por invalidez, significa a completa impossibilidade do exercício de qualquer atividade. A causa da incapacidade, teoricamente, é irrelevante. Alguém pode estar, absolutamente, impossibilitado de desempenhar qualquer atividade, por ocasião de uma síndrome de pânico, de um quadro depressivo grave, como também, de igual modo, pode estar incapacitado, por razões motoras, físicas, etc. Teoricamente, isso não é relevante. Acontece que, na prática, a coisa é um pouco diferente. Perceba que é bem mais fácil provar, com exames, a incapacidade física, do que aquela incapacidade de origem psicológica, emocional. Na verdade, os peritos raramente são sensíveis para estes problemas. Entretanto, já tive experiências com clientes que se aposentaram por invalidez, porque conseguiram comprovar estágios avançados de depressão. Não há regras claras. Parece uma brincadeira, um jogo, de muito mal gosto, em que só um dos jogadores inventa as regras, em detrimento da saúde, da felicidade e da dignidade de pessoas fragilizadas, como você.  Há exceções, é claro. Fato é: se pretende pleitear o benefício, prapare-se, acumule documentos, laudos, exames, receituários, tudo! E, lembre-se, você pode recorrer ao judiciário, caso a decisão do INSS seja desfavorável.
Fico à disposição, para maiores esclarecimentos.
Um abraço.
Paulo Benevento.
Diretor Jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo Advogado especialista em Saúde, Previdência e Assistência Social.
paulobenevento@aasp.org.br
29/03/2009 15:48
De: Mariza Tobias Nechar (marizatobias@gmail.com)
IP: 201.92.36.98

ZOMETA

Prezado dr. Paulo
Estou em tratamento de cancer de mama que se estendeu ao externo e os dois pulmóes. Meu m[edico disse que tenho que tomar zometa. Como consigo por interm[edio do SUS. O que devo fazer. J[a era para estar tomado, a dois meses atras. E esta dificil pelo alto custo.
Atenciosamente Mariza
12/04/2009 13:03
De: Sonia Barros
IP: 201.29.143.72

Direito de isenção de ir e câncer de mama

Caro Dr.,
Tive câncer de mama em abril de 1991 e felizmente, não tive mais nenhum problema relacionado à doença.
Fiquei em licença por 03 meses. Após voltei ao regime normal de trabalho situação em que encontro-me atualmente. Porém, comumente pessoas que portaram a mesma doença me dizem  que teria direito a isenção de IRPF sobre meus proventos.
Face ao acima exposto, solicito orientação.
Antecipadamente agradeço sua atenção,
Sonia
07/02/2009 00:17
De: MARIA ELIEUDA
IP: 201.12.117.118

PORTADORA DA CID C73 TENHO ALGUN DESCONTO NA FACULDADE?

Sr Paulo,
Sou Maria Elieuda, portadora CID = C73 Neoplasia maligna da glândula tireóide, trablho estudo mas infelizmente tenho esse problema sou acompnhada desde os 09 anos de idade e decobri que tinha cancer aos 20 anos já fiz CIRURGIA PARCIAL mas aqualquer momento posso fazer novamente pois o tumor era 3,5 bastante grande.
Tou cursando o 5º semestre em ADM de Empresas pela UVA Universidade estadula vale do acarau.
A pergunta é: Tenho direito a algum desconto???
Grata,
Maria Elieuda
15/04/2009 17:34
De: Paulo Benevento (paulobenevento@aasp.org.br)
IP: 201.13.83.210

Re: Direitos

Eloisa,
As providências são as seguintes: a) Preparar a documentação: exames, laudos, receituários, etc; b) agendar perícia no órgão de trânsito; c) Caso o laudo do não se refira à patologia que justifique a isenção, você poderá agendar um perícia no INSS, caso já esteja aposentada por invalidez ou em vias de requerer o benefício; d) Se isso tudo não resolver, talvez você tenha que se submeter à perícia judicial.
Um abraço.
Paulo Benevento.
18/04/2009 10:10
De: catia regina carvalho de oliveira
IP: 201.29.205.186

Cancer de mama: duvida sobre direitos

Ola Faço tratamento de cancer de mama , e operei  retirando a mama direita e exvasiamento da assila, não  pago INSS , tambem não posso trabalhar, por favor quero saber que direitos tenho em relação a minha situação, pois sou separada e tenho um filho de 12 anos que o pai não paga pensão. Tenho 48 anos e estou perdida. Saber quem possa me orientar. Obrigada.
Seu IP: 52.91.39.106 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)