SENHORES USUÁRIOS, INFELIZMENTE, O SITE NÃO ACEITA MAIS NOSSAS POSTAGENS E RETORNA MENSAGENS DE ERRO. EM RAZÃO DISSO, MUITOS PACIENTES NÃO TÊM RECEBIDO A ORIENTAÇÃO DE QUE TANTO NECESSITAM. JÁ CONTATAMOS OS TÉCNICOS DA EMPRESA RESPONSÁVEL, MAS ELES NÃO PUDERAM SOLUCIONAR O PROBLEMA. POR ESTE MOTIVO, ESTAMOS MUDANDO DE SITE. INFORMAREMOS O ENDEREÇO, ASSIM QUE O NOSSO NOVO FORUM ESTIVER NO AR. PEDIMOS DESCULPAS A TODOS. Paulo Benevento. Diretor jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo.

Tags: direito cancer direitos
03/06/2009 18:16
De: Jacira costa porto
IP: 187.21.197.187

Aposentadoria

após trabalhar numa cia aerea por 17 anos, sendo comissaria de bordo, adquiri um cancer de mama após dois anos fora da empresa.Como haviam micrometastase nos linfos, tive um corte na axila esquerda, me impossibiltando de mexe-lo com facilidade e sem agilidade de antes, inclusive tenho o braço volta e meia inchado e trancado, me impossibiltando de trabalhar normalmente...gostaria de saber quais os direitos que tenho, fiquei doente em abril de 2000.
obrigada
08/09/2009 18:13
De: Regina Dias
IP: 187.63.11.50

Re: Re: ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA

Boa tarde, por favor onde consigo o requerimento ou pode enviar um modelo do mesmo por e-mail?
Desconto IR na fonte de duas pensões (INSS e REFER).  Meu câncer foi "visto" em mamografia em maio desse ano e confirmado, através de laudo histopatológico essa semana.  Preciso também, do laudo de meu médico, ou somente a perícia do INSS será o suficiente (com o histopatológico) para dar entrada, no INSS, da isenção e, se possível, da restituição do imposto pago.
Outra dúvida:  Tive "imposto a pagar" na última restituição 2008-2009.  Esse imposto pago integralmente também pode ser me ser restituído?
Grata pela preciosa orientação.
30/03/2009 18:49
De: jaciara
IP: 189.71.102.205

Judiciarios

DR.ALINE eu estou no serasa ja faz 4 anos e eu queria sabe se tem tempo determinado pra que meu nome conste nele,meu filho e de menor e se posso abri uma conta poupansa no nome e se ar algum empasse .Obrigada aguardo  resposta.
12/03/2009 11:14
De: Paulo Benevento
IP: 201.74.30.216

Re: Auxilio doença

Cleusa,
Para ter direito ao auxílio-doença o primeiro requisito que se precisa cumprir é a qualidade de segurado. Adquire-se a qualidade de segurado, através da filiação. Dependendo do caso, a filiação pode ser automática, como, por exemplo, no caso do segurado empregado, com carteira de trabalho anotada. em outros casos, a filiação pode depender da chamada "inscrição", que é um ato do segurado, perante o INSS. Perde-se a qualidade de segurado, deixando-se de recolher as contribuições. Mas a perda, em algumas situações não ocorre ou é adiada para o futuro. Por exemplo, o segurado empregado, que perde o emprego e deixa de contribuir, mantém a qualidade de segurado por 12 meses. Se este mesmo segurado já contava com 120 contribuições, mantém a qualidade de segurado por 24 meses. Caso esse segurado não tenha 120 contribuições, mas a dispensa ao MTE, via recebimento do seguro-desemprego, manterá também a qualidade de segurado por 2 anos. Por fim se esse segurado, além de contar com 120 contribuições, também requerer o seguro-desemprego, tendo, portanto, comunicado a dispensa ao MTE, manterá a qualidade de segurado, por 36 meses. Há diversos outros casos em que o segurado, msmo deixando de contribuir, não perde a qualidade de segurado. Pelo que sua narrativa, Cleusa, vejo a seguinte situação: você teria que esclarecer se quando deixou de recolher o motivo foi o acometimento pela doença. Digo isso porque, não perde a qualidade de segurado aquela pessoa que se torna incapazpara o trabalho. Então veja, se a pessoa se torna incapaz, mas não requer o benefício (aposentadoria por invalidez ou auxílio-doença) é possível, futuramente, alegar-se que a perda da qualidade de segurado não ocorreu, pois as contribuições cessaram em razão da doença. Veja que isso só tem sentido, se você parou de trabalhar, por causa da doença, e retornou à atividade a menos de 24 meses. Caso tenha retornado ao trabalho a mais tempo, fica difícil sustentar a tese de que a falta de recolhimento se deu em razão da doença. Em qualquer caso, como não houve requerimento de benefício por incapacidade (suponho qu não, porque você não mencionou isso) qualquer pretensão sua dependerá de reconhecimento judicial, em ação própria.
A quetão é complexa. Fico à disposição para mais esclarecimentos.
Um abraço.
Paulo Benevento
Diretor Jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo.
Diretor Jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Caetano do Sul.
Presidente da Comissão de Des. de Políticas Públicas para o Câncer da 39ª subseção da OAB.
25/07/2009 09:52
De: Rosângela Pedroso Alves Marcandali (rosangela.pam@hotmail.com.br)
IP: 189.55.17.90

Re: Re: Cancer de NEOPLSIA MALIGNA TUMOR DE WILMS comprar carro com desconto sera que posso

É complicado no meu caso tenho um filho que teve a doença do cancêr de Tumor wilms não temos carro essa doença nos pegou de surpresa no momento mais critico da parte financeira da nossa vida estavamos com muita conta mas graças a Deus estamos contornando, e muita gente está nos ajudando principalmente a igrja quadrangular do evangélico que nos ajuda levando cada vez que precisamos para fazer o tratamento estavamos construindo nossa casa tivemos que dar uma parada mas agora estamos tocando a obra mais não sobra para comprar um carro zero, as leis tem que mudar muito como vamos comprar um carro zero se estamos passando por um periodo tão dificíl, o carro nessa hora não luxo e sim precisão.
Vai aí um recado para os puliticos enquanto ele fica perdendo tempo com tantas robo por que eles não passa rever essas cituações?
Senhor vice Presidente que está passando por essa doença poderia rever isso pois está sentindo na pele que não há dinheiro que pague essa maldita doença, mas a algumas coisas que pode ser feitas aminizar um pouco mais essa dor, que generaliza nossa vida inteira!
19/06/2009 17:10
De: JANETE ADIBE DE ANDRADE CARVALHO
IP: 189.61.151.157

Informação

Tive cancer no ano de 2001, fiz quimioterapia e a doença estava no 4º estágio, procurei o inss para receber o beneficio,mais como eu estava desempregada a mais de dois anos, me disseram que eu havia perdido a qualidade de segurado, então no ano de 2006 resolvi entrar na justiça federal contra o  inss, passei por uma perícia medica em março de 2007, pois durante a quimioterapia eu começei a sentir muitas dores nas mãos e pernas, e o medico disse que a QT atingiu meus nervos,o perito federal foi ao meu favor, só que agora 18-06-2009 ainda sem decisão, o juíz me mandou passar por outro exame técnico, so que desta vez com uma assistente social nomeado. Estou tão apreensiva e gostaria de saber se tenho direito de me aposentar e receber todos os atrasados.
28/04/2009 15:20
De: Erika Cristina
IP: 201.19.208.188

Re: Re: Câncer de Mama - Aposentadoria por invalidez

Boa Tarde Dr. Paulo,
Minha mãe retirou a Mama em 1993 e tempos depois recebeu alta do INSS sendo que a profissão dela era Passadeira ou seja como uma pessoa que retira a Mama pode trabalhar ainda como passadeira? Mais assim que ela recebeu alto do INSS a empresa na qual trabalhava já havia fechado. Gostaria de saber como ela pode recorrer para se aposentar?? Ela já vai fazer 49 anos e desde a sua doenção não trabalha de carteira assinada, apenas fazendo o que não poderia estar fazendo que é trabalhando de faxina, visto que não consegue outro emprego e nem aposentadoria.
Desde já grata e no aguardo.
16/02/2009 12:45
De: Paulo Benevento (paulobenevento@aasp.org.br)
IP: 200.207.67.130

Re: Causas na justiça contra o governo...

Carmem,
É difícil dar uma resposta satisfatória, sem que eu tenha todas as informações sobre os processos. O ideal é que você busque essas informações com o advogado que acompanha os processos. Ele é a a pessoa certa para fornacer todas as orientações. Pela idade , seu pai tem direito ao benefício do trâmite privilegiado, de modo que as coisas tendem a andar mais depressa.
Um abraço.
Paulo Benevento.
Diretor Jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo Advogado especialista em Saúde, Previdência e Assistência Social.
paulobenevento@aasp.org.br
23/06/2009 13:30
De: EDITH PINTO VIEIRA (edithpv@globo.com)
IP: 189.25.3.165

Re: Re: ISENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA

gostaria de saber quais  os  documentos necessários para  dar  entrada  no  pedido  de  isenção do imposto  de  renda, porser portador de cancer.
esta  é  a  unica duvida  que  tenho pois  sei  que  tenho  de dar  entrada  no  ORGÃO PAGADOR  DA  MINHA  APOSENTADORIA
FICAREI  MUITO  GRATA  SE PUDER  ME  ORIENTAR
30/03/2009 17:51
De: Lucimary Santos sousa
IP: 189.105.197.45

Benefício

Dr. Paulo!
Boa tarde.
1 - Sou aposentada por invalidez, devido Ca de mama. Recebo os valores referentes aos salários que tinha nas duas instituições que trabalhavam com carteira assinada. Porém, sempre permitr o desconto do INSS, para atingir o valor do teto máximo visando minha aposentadoria. Diante da minha situação, tenho direito ao valor do teto máximo do benefício concedido pelo INSS?  Vale salientar que meu salário hoje pelo INSS é menor que o valor do teto máximo. Obrigada pela atenção, aguardo resposta.
20/05/2009 17:14
De: quiteria
IP: 201.13.187.6

Re: Cancer de mama comprar carro com desconto sera que posso

quero informar, que não é bem assim, fui procurar meus direitos, tive cancer de mama com retirada total e ficaram sequelas, acontece que para comprar carro, todas as concessionarias oferecem o carro que eles querem, de valor muito alto e zero km, acho que para esta lei, deveria sim aceitar carros usados, adiante não pagar impostos, mas é obrigado a comprar carro novo. e aí.
08/04/2009 09:19
De: priscila miranda
IP: 189.7.188.157

Retorno ao trabalho

Olá!Estou vvendo um drama na minha vida achei que já tinha passado pelo pior mais vejo que ainda não.Recebia o benefício do inss o tal auxílio doença por 20 meses recentemente fui fazer a perícia médica e o médico perito me negou o auxílio,até tudo bem,pois me sinto bem para o retorno no trabalho,mais quando fui fazer o exame de retorno pela empresa o médico me deu inapto ao retorno ao trabalho, retornei então a uma nova perícia pelo inss e lá continuaram me negando o benefício,agora estou sem retornar ao trabalho e sem o meu benefício,estou desesperada pois fiquei sem salário,fui  buscar uma orientação com advogado o mesmo me informou que com o inss certamente já é causa perdida já que estou bem para o retorno,tenho esperança agora de retornar ao trabalho pois o exame de retorno tem uma validade de 30 dias acho,mais só vou poder fazer um novo exame daqui 30 dias e assim vou ficando sem receber,o que eu faço?Entro com uma contra a loja?ou espero este exame de novo?Me ajudem por favor
Seu IP: 54.92.182.0 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)