SENHORES USUÁRIOS, INFELIZMENTE, O SITE NÃO ACEITA MAIS NOSSAS POSTAGENS E RETORNA MENSAGENS DE ERRO. EM RAZÃO DISSO, MUITOS PACIENTES NÃO TÊM RECEBIDO A ORIENTAÇÃO DE QUE TANTO NECESSITAM. JÁ CONTATAMOS OS TÉCNICOS DA EMPRESA RESPONSÁVEL, MAS ELES NÃO PUDERAM SOLUCIONAR O PROBLEMA. POR ESTE MOTIVO, ESTAMOS MUDANDO DE SITE. INFORMAREMOS O ENDEREÇO, ASSIM QUE O NOSSO NOVO FORUM ESTIVER NO AR. PEDIMOS DESCULPAS A TODOS. Paulo Benevento. Diretor jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo.

Tags: direito cancer direitos
06/09/2009 15:30
De: Paulo Benevento (contato@paulobenevento.com)
IP: 201.74.30.216

Re: Temodal

Suely,
Sua pergunta foi respondida. Acesse o Guia oncológico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo e assista ao vídeo 004:
http://onco-sp.blogspot.com/search/label/Forum:%20respostas%20em%20vídeo Atenciosamente,
Paulo Benevento
Advogado Sanitarista
Diretor da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo Diretor da Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Caetano do Sul Presidente da Comissão de Desenvolvimento de Políticas Públicas para o Combate aoCâncer da OAB/SP - SBC - Comissão Lair Jung Dias.
04/04/2009 23:39
De: João Luiz dos Santos Deschamps (jonchamps_23@hotmail.com)
IP: 200.165.95.65

Re: Direitos para portadores de câncer.

boa noite Dr. Paulo sou portador de LLC leucemia de Lifoma Crônica, hoje estou aposentado pelo INSS mais gostaria que me informace se eu tenho algum direito ou leis que determine que nós com esse tipo de doênça possamos ser insento de imposto, andar de ônibus, e outras coisas mais, aqui em recife tem um orgam de nome EMTU que não dá nenhum tipo de resposta afirmando os ou direitos que temos confesso que não tenho conhecimento dessas leis mais já me falaram e muito, ne a secretaria de ação social do estado não tem uma resposta para tal informação sobre os direitos de nós que somos portadores dessas doenças, com carinho desejo resposta para concretizar os meus esforços para tais direitos se assim eles existirem, lhe agradeço.
30/03/2009 00:24
De: Paulo Benevento (paulobenevento@aasp.org.br)
IP: 201.74.30.216

Re: Isenção de IPI para aquisiçào de automóvel - CA de mama

Karina,
A questão é um pouco complexa. A Lei 8989/95 exige que o laudo contenha a forma patológica da alteração corporal:
"Art. 1º Ficam isentos do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI os automóveis de passageiros de fabricação nacional, equipados com motor de cilindrada não superior a dois mil centímetros de cúbicos, de no mínimo quatro portas inclusive a e acesso ao bagageiro, movidos a combustíveis de origem renovável ou sistema reversível de combustão, quando adquiridos por: IV - pessoas portadoras de deficiência física, visual, mental severa ou profunda, ou autistas, diretamente ou por intermédio de seu representante legal;
§ 1o Para a concessão do benefício previsto no art. 1o é considerada também pessoa portadora de deficiência física aquela que apresenta alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções."
O laudo do Detran, geralmente, descreve o tipo de alteração que o veículo deve possuiir, mas deixa de mencionar o tipo de comprometimento da função física. Por isso, acaba-se exigindo outro laudo, expedido por órgão oficial ou particular conveniado ao SUS.
Uma ação judicial, neste caso, pode ou não resolver o problema. Há possibilidade de se obter sucesso. Mas, em muitos casos, os juízes entendem que não a Receita Federal não pratica ato ilegal quando exige que o laudo descreva a forma da patologia: paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, etc.
Portanto, a melhor solução é a seguinte, tente obterum laudo do Detran que além do tipo de adaptação, mencione a patologia. Se não conseguir, procure uma unidade hospitalar que atenda pelo Sistema Único de Saúde, marque uma consulta, mostre os exames ou faça os exames que forem solicitados. Depois, peça ao médico que ateste o tipo de patologia, assinando a declaração. A seguir, leve o documento à direção do hospital e requeira a assinatura do responsável.
Se a sua mãe estiver aposentada por invalidez, poderá marcar uma perícia no INSS e requerer que o perito especifique o tipo patológico, já que a incapacidade foi reconhecida, quando da concessão do benefício.
Se nada disso resolver, a solução é ingressar em juízo com uma ação judicial. O Mandado de Segurança não tem surtido efeitos, porque os juízes consideram (a maioria deles) que há necessidade de perícia que ateste o tipo patológico.
Procure um advogado ou a assistência judiciária da OAB e ajuíze uma ação ordinária.
Um abraço.
Paulo Benevento
Diretor Jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo.
http://onco-sp.blogspot.com
20/12/2008 12:53
De: Rosi Rodrigues
IP: 201.40.90.254

População de Umuarama luta pelo Hospital do Câncer

 
  Caros,
 
 
A população de Umuarama luta pela construção do seu Hospital do Câncer há vários anos. Finalmente uma esperança acena concreta para que tenhamos este benefício que minimizará a dor e o sofrimento dos pacientes  de toda a região. (Mais informações logo abaixo)
Contudo, as entidades e organizações envolvidas na questão temem a influência política e econômica de grupos que não se interessam pela implantação de um hospital público na cidade.
Fazemos um apelo e pedimos ajuda e colaboração de todos.
Atenciosamente,
 
 
Arecídio Cassiano Júnior
Presidente da Associação Noroeste de Combate ao Câncer do Paraná/Casa Vita Vitória Fone (44) 8829-0071
 
Elza Alves Botelho
Presidente da Associação Comercial Industrial e Agrícola de Umuarama Fone (44) 9976-3658
 
 
 
 
Rosi Rodrigues
Assessora de Imprensa
(44) 8417-4676 / 9923-2042
Votação do terreno do Hospital
do Câncer pode ser antecipada
A votação do Projeto de Lei que autoriza a doação de um terreno para a construção do Hospital do Câncer de Umuarama pode acontecer na próxima terça-feira (23/12), às 10 horas no Plenário da Câmara Municipal. O presidente da Associação Noroeste de Combate ao Câncer do Paraná/Casa Vita Vitória, Arecídio Cassiano Júnior acredita que a pauta de votação possa ser antecipada em função das festividades de fim de ano. Ele faz um apelo para que a população compareça à sessão. “É fundamentalmente importante que comunidade esteja unida em prol desta luta, pois o câncer pode acontecer a qualquer um de nós”, destacou.
Umuarama está mobilizada para exigir a
Urgente construção do Hospital do Câncer
O Projeto de Lei Nº 189/2008 que autoriza a doação de um terreno para a implantação de uma unidade da UOPECCAN (União Oeste Paranaense de Estudo e Combate ao Câncer) no município, será votado nesta sexta-feira (26/12), às 10 horas, em sessão extraordinária na Câmara de Vereadores. Caso o terreno seja doado, a UOPECCAN arcará com a construção do Hospital do Câncer de Umuarama, que será público e atenderá pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) de toda a região.
De acordo com o presidente da Associação Noroeste de Combate ao Câncer do Paraná/Casa Vita Vitória, Arecídio Cassiano Júnior, é urgente a implantação de leitos públicos para o tratamento do câncer. “Hoje, em Umuarama, o tratamento só em feito em hospitais particulares. Os pacientes do SUS precisam ser tratados em outras cidades, levando para outros centros os investimentos e a tecnologia que poderiam ser aplicados aqui mesmo”, destacou.  
A votação acontece um dia depois do Natal e promete movimentar diversos setores da sociedade. Arecídio faz um apelo e um convite para que toda a população compareça à Câmara Municipal no dia da votação. “Precisamos sensibilizar nossos vereadores e demonstrar que a sociedade umuaramense está atenta e lutando por suas necessidades”, reiterou.
Diversas entidades já se manifestaram em favor da implantação do Hospital do Câncer de Umuarama. Para o presidente da Sociedade Rural de Umuarama, Sidney Lujan, a implantação minimizará o sofrimento daqueles que convivem com a doença. “Os tratamentos são muito dolorosos e o fato de ficar se deslocando de uma cidade para a outra agrava mais ainda a situação”, destacou. Para ele, esta é a hora do município ter seu próprio hospital e se tornar referência também no tratamento do câncer.
“A implantação de um Hospital do Câncer em Umuarama é uma reivindicação antiga e uma necessidade do município que é pólo regional em saúde. Os vereadores que são conscientes e que querem o bem da comunidade umuaramense, votarão a favor do projeto”, disse a presidente da Aciu (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama), Elza Alves Botelho, que reforça o convite para que todos compareçam à sessão extraordinária da Câmara Municipal.

21/03/2009 17:08
De: Paulo Benevento
IP: 201.74.30.216

Re: Volta ao trabalho

Salete,
A estabilidade provisória de 12 meses só beneficia quem gozou auxílio-doença acidentário. No caso de neoplsia, o auxílio-doença acidentário só é concedido, quando fica demonstrado o nexo entre a atividade exercida e a doença adquirida. Caso não exista esse nexo, o INSS concede o auxílio-doença previdenciário, que não dá direito à estabilidade.
Um abraço.
Paulo Benevento
Diretor Jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo.
16/07/2009 18:48
De: thais ribeiro
IP: 189.15.137.208

Re: Re: Re: Isenção na compra de automóvel

Ok, Dr. Paulo, grata pela atenção. O que ocorre é que na maioria das vezes não precisa ser um deficiente físico na acepção da palavra; acredito que o simples fato de o indivíduo ter como uma sombra diária a companhia de um câncer, mesmo sem metástase aparente, garantiria o direito à esta pessoa de gozar de certas regalias e isenções. De certa forma, a comprovação deste ou aquele câncer para se ter direito às isenções usufruidas por tantos, é meio empírico e subjetivo. Não se trata, a meu ver, de aproveitar-se de uma desgraça para usufruir de benefícios do governo. É uma questão de direito.
Conte com a nossa força, e contamos com a sua.
Thais Ribeiro
18/04/2009 15:20
De: miriane
IP: 187.18.114.140

Cancer de mama


por favor tenho uma duvida, fiz uma ultaçao na mamas e e deu uma alteraçao na mama esquerda e nas axilas na mama esquerda:um cisto enecoico de 0,4x0,2 paredes finas regulare com 1,8 deprofundidade e nas axilas:deu uma presença de estrutura nodular com apecto linfonodo nedindo 1,5x0,6 e esta localizado na regiao inferior e tem formato ovulado contorno nitidos com textura heterogenea com halo hipoecoicoe area central ecogenica, me ajude tirar essa duvido ando muito precupada...ahhh em minha familia tem caso de cancer de mama em minha mae...obrigada
06/04/2009 19:38
De: Claudemiro Santos Souza
IP: 200.184.156.66

Tarceva 150mg

Como posso conseguir o medicamento Tarceva 150mg. É muito caro e não tenho como comprar.  O tratamento está sendo feito na rede particular e o plano de saúde não cobre este procedimento.
08/09/2009 12:10
De: Paulo Benevento (contato@paulobenevento.com)
IP: 201.74.30.216

Re: PORTADORA DA CID C73 TENHO ALGUN DESCONTO NA FACULDADE?

Olá!
Bem, tenho conversado com o pessoal da Insite, para resolver o problema do forum, mas está difícil conseguir a atenção deles. Há tempos, só consigo enviar um post por dia, o segundo é barrado. O site acusa um tal de erro número 5 ou 6. Estamos procurando uma solução para o problema, porém, se isso continuar, teremos que transferir a serviço para outro forum.  Se isso acontecer, comunicarei a todos o novo endereço.
Paulo Benevento.
Josenete,
Sua pergunta foi respondida. Acesse o Guia oncológico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo e assista ao vídeo 004:
http://onco-sp.blogspot.com/search/label/Forum:%20respostas%20em%20vídeo Atenciosamente, Paulo Benevento
Advogado Sanitarista
Diretor da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo Diretor da Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Caetano do Sul Presidente da Comissão de Desenvolvimento de Políticas Públicas para o Combate aoCâncer da OAB/SP - SBC - Comissão Lair Jung Dias.
16/03/2009 18:51
De: Paulo Benevento
IP: 201.27.73.162

Re: Dúvida

Olá, Jacqueline,
Este forum é administrado pelo Departamento Jurídico da Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de São Paulo. Só respondemos a perguntas sobre os direitos dos pacientes, pois esta é a nossa especialidade. Sua pergunta pode e deve ser endereçada a um médico mastologista.
Atenciosamente,
Paulo Benevento.
 
14/04/2009 01:41
De: Ana Paula V. Araújo
IP: 200.165.155.41

Insencão

Boa noite minha mãe ficou viuva recentemente e deu entrada na pensão e só terá a resposta se terá o direito a recebeu esse direito no final do mês. Meu pai trabalhava pois ela está fazendo tratamento de quimioterapia. Por isso, está muito difícil de pagar as dívidas, pois com o tratamento ela tem que se ausentar do trabalho. Gostaria de saber se existe uma lei que dá o direito de ser insenta de pagamento de cartões de créditos e crediários por motivo dessa doença.
14/05/2009 08:48
De: Silvia
IP: 187.25.144.79

Cancer

Ola!!gostaria de saber sobre os direitos de aposetadoria por ter tido cancer de mama,pois sou dona de casa,nunca paguei inps e nenhuma outra coisa,nunca contribui,entao o que tenho direito e o que devo fazer...nao entendo nada sobre isso, poderia me orientar? Agradeço a atençao!!
Seu IP: 34.239.167.74 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)