Espaço para a discussão sobre a AHT (AUTO-HEMOTERAPIA) e envio de relatos sobre experiências dos usuários desta técnica terapêutica. A AUTO-HEMOTERAPIA é uma técnica simples, em que, mediante a retirada de uma pequena quantidade de sangue da veia e sua imediata aplicação no músculo, estimula um aumento dos macrófagos, que são as células sangüíneas que fazem a "limpeza" de tudo o que é prejudicial no organismo, eliminando bactérias, vírus, as células cancerosas, etc. Esse aumento da produção de macrófagos pela medula óssea (de 5% para 22%) se deve ao fato de que o sangue injetado no músculo funciona como um "corpo estranho" a ser rejeitado pelo Sistema Retículo Endotelial (SRE), o que faz com que o nível imunológico se eleve, permanecendo ativado durante 5 dias, após os quais o percentual de macrófagos vai decaindo até o sétimo dia, retornando aos 5%. Com isso, inúmeras doenças, inclusive as graves como as auto-imunes, regridem rapidamente, proporcionando o restabelecimento da saúde. A AHT, entretanto, não representa nenhum risco para o paciente e não produz efeitos colaterais. Este fórum se destina primordialmente àqueles que já utilizam a AHT e não possuem mais dúvidas sobre sua eficácia, mas também admite a discussão séria e responsável sobre o assunto, tendo em vista o envio de orientações sobre os detalhes da técnica, tanto para os que já a utilizam, como para os que desejam passar a utilizá-la e querem se informar melhor sobre a mesma.

Tags: tratamento medicina sangue enfermagem autohemoterapia anvisa crm auto-hemoterapia coren cfm sus
30/03/2008 11:13
De: Jovenir Mário Kuszkowski (JMK)
IP: 201.35.196.230

Demorou!!! E parabéns, Fico muito feliz.

Depois de muito acompanhar, e participar de opiões, como as suas Evaristo as do Olivares, Arnaldo,Walter Medeiros,Dr. Roberto N. Johansson e outros mais a gente pode observar a que vieram, e quero de uma forma mui solidária procurar somar muitas vezes com experiências minhas e de meus famíliares mas dentro de minha possíbilidades me coloco a disposição dos Srs. pra que der e vier, e obrigado por esta oportudinade de poder nos pronunciar de uma forma mais digna e justa e sem intentos difamadores e baixos. Parabéns mais uma vez a todos pois está é uma vitória da auto hemoterapia.Viva o dia 25/03/2008 e Viva Evaristo da Veiga e seus colaboradores. Obrigado Sr. Deus Todo Poderoso.
31/05/2012 02:05
De: M.Fetha
IP: 189.5.196.108

Comentários em videos da auto-hemoterapia no YouTube: UNIPAC COMPROVA CURA PELA AUTO-HEMOTERAPIA

amorepaz44 fez um comentário sobre Reportagem do Fantástico sobre a Autohemoterapia:
Dr. Luis Moura, Eu te dou os meus parabens por ter a coragem de informar a populaçao e ajudar aos menos favorecidos. Mal carater eh esse babaca que chamou o senhor de mal carater! Ser condenado ou perder a sua licença de medico soh te faz um HEROI para mim, e muitas outras pessoas que tiveram resultados positivos. Eu ja morei no Brasil e pensei que o BR fosse um pais de livre expressao. mas aparentemente nao eh! principalmente porque o senhor eh medico e esta falando sobre "medicina". k triste!
-
Mestre Telma Geovanini UNIPAC - JUIZ DE FORA MG, em avaliação de pacientes que fizeram parte do Grupo de Pesquisas sobre a Autohemoterapia.
www.youtube.com/user/worldautohemotherapy
amorepaz44 19 horas atrás FEz um comentario neste video(*):  
Gente, para de falar usuarios! Isso nao eh droga eh um tratamento. Parabéns à UNIPAC, e obrigado Doutor Luis Moura por ter tido a coragem de compartilhar essa informaçao tao importante. Eu tinha cervicalgia e artrite e estou curada nao sinto mais dores!
(*) O video também foi enviado para o canal com o titulo:
www.youtube.com/user/canaldescubra1
UNIPAC COMPROVA CURA PELA AUTO-HEMOTERAPIA:
E ja está tem 6041 exibições.
www.youtube.com/watch?v=W-TfFLVGw_k
OUTROS COMENTARIOS NESTE VIDEO:
A auto-hemoterapia não é divulgada porque não é do interesse capitalista das farmácias. PRONTO FALEI !!! rs PARABÉNS UNIPAC !!!!
Nilobernardo 2 meses atrás
Parabéns à UNIPAC, muita coragem em divulgar esse vídeo e em defender a tese .
JuniorHallak 5 meses atrás
Parabéns aos pesquisadores, pela coragem e humanização da medicina.
Marsplbr 3 semanas atrás
eu e mimha familia nos fazemos aht!!!! a um ano e achamos o melhor tratamento!!!!vamos tds nesta luta pois,o nosso pais tem muitos POBRES que nao tem dinheiro para fazer tratamentos como psorise e entre outros .vamos juntos nesta luta !MEU SANGUE CURA!!!!!!!
jusceliareis 1 mês atrás
Parabéns pela coragem das enfermeiras.
Vladimar 1 mês atrás
Faço minhas as suas palavras Jr.! Também dou os meus Parabéns pelo trabalho e pesquisa!
hhelson em resposta a JuniorHallak (Mostrar o comentário) 2 meses atrás
28/02/2010 22:22
De: Joel Martini de Campos (joelmartini@zipmail.com.br)
IP: 189.38.190.249

Re: Dúvidas sobre a auto-hemoterapia

Renata, boa noite  !!!
A AUTO-HEMOTERAPIA é uma terapia complementar que não tem contra indicações e efeitos colaterais. Tanto DR.LUIZ MOURA como outros médicos que receitavam antes da proibição aqui somente no BRASIL pediam para que os pacientes não deixassem de tomar os medicamentos receitados pelos seus médicos. No meu caso parei de tomar pois já não faziam nenhum efeito, para que gastar dinheiro com medicação que não resolve ???
Todos os auxiliares ou técnicos de enfermagem estão aptos para realizar a aplicação de injeção pois foram treinados tanto teóricamente como na prática e estão proibidos pelo COFEN,abraços,Joel
26/12/2011 23:15
De: M.Fetha
IP: 189.63.220.231

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos... Parte 86 - (LXXXVI)

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos...
Parte 86 - (LXXXVI)
Presépio - W. M. (a*) - "Vi trinta Presépios de gênios/com a beleza do Menino Jesus/a apreensão de Nossa Senhora/São José com seu cajado forte/e a paisagem de Jerusalém/vi Nossa Senhora em oração/imaginando o destino do Filho/para a terra o Messias Salvador/num Manto branco de paz/músicas saudando o Filho de Deus/conectado com a luz do Céu/vi as essências daquele Mistério/fazendo da pedra o berço do Divino/o Espírito Santo com seu brilho/por Belchior, Gaspar e Baltazar/Jesus no colo da amada Mãe/o Pai pensativo pela relva/o sorriso de Nossa Senhora/a Mãe regeu uma alegria/em que o seu Filho ali nasceu".
Continuando o livro de Biologia (é de 1967) - HOLOPROTEÍNAS - São compostos unicamente de aminoácidos. Umas são solúveis na água, quando no estado coloidal: Histomas, protaminas, etc. Outras, só se dissolvem em presença de sais: globulina da gema do ôvo. Outras, não se dissolvem de nenhuma maneira: esclero-proteína, (queratina dos pêlos e unhas). HETEROPROTEÍNAS - As heteroproteínas são formadas por uma cadeia de aminoácidos ou um POLIPEPTÍDIO, no meio do qual encaixamos um GRUPO PROSTÉTICO. As principais são:
a) - FOSFOPROTEÍNAS: São as heteroproteínas que apresentam ácido fosfórico no grupo prostético. As mais conhecidas são a CASEÍNA e a VITELINA do ôvo. b) - GLICOPROTEÍNAS: O grupo prostético é um GLICÍDIO. c) - LIPOPROTEÍNAS: Quando o grupo prostético é um lipídio. As lipoproteínas são mal conhecidas. Bem estudadas estão apenas as do plasma. Entretanto, no cérebro, sabe-se que todas as proteínas praticamente estão sob a forma de lipoproteínas. d) - NUCLEOPROTEÍNAS: São as mais importantes. São PROTEÍNAS cujo grupo prostético é um dos ácidos: ribonucleico ou desoxirribonucleico (b*).
GLICOPROTEÍNAS: De acordo com o tipo de grupo prostético, as glicoproteínas se classificam em: a) - Condroglicoproteínas. b) - Mucoglicoproteínas. c) - Glicoproteínas neutras. Para entendermos esta divisão devemos voltar a 1938, quando Meyer, criou o vocábulo para designar os grupos prostéticos portadores de unidades de HEXOSAMINAS. O vocábulo criado foi: MUCOPOLISSACARÍDIO.
Os mucopolissacarídios neutros são constituídos apenas de hexoses e hexosaminas. Os mucopolissacarídios ácidos encerram ácidos urônicos e algumas vezes são sulfatados. Os mucopolissacarídios ácidos apresentam, conforme a hexosamina que contêm: a) - Os mucopolissacarídios propriamente ditos, formados com quitosamina ou glicosamina; b) - Os condromucopolissacarídios ácidos, formados com condrosamina ou galactosamina. Meyer reúne sob a designação de MUCOPROTEÍNAS ou MUCÓIDES todas as glicoproteínas, desde que contenham mais de 4% de hexosaminas.
a) - Condroglicoproteínas: têm o grupo prostético representado por um condropolissacarídio ou condromucopolissacarídio ácido. Entre os condropolissacarídios mais conhecidos temos: 1) A condroitina: Não sulfatada. Trata-se de um composto similar ao ácido hialurônico. 2) - Ácidos condroitin-sulfúrico. Em 1861, Fischer o isolou de cartilagem. O material encontrado no folículo umbilical, chamado gelatina de Warthon, é uma condroglicoproteína cujo grupo prostético é o ácido condroitin-sulfúrico. 3) Querato Sulfato: É predominante na córnea. (1).
Atendendo à inúmeros pedidos, suspendemos temporariamente nossas "transmissões radiofônicas" sobre o livro de Biologia, com a promessa de retornar ao mesmo no próximo artigo, e passamos a "transmitir" a história das PROTEÍNAS segundo outras fontes de informações. Antes nossos intervalos "musicais".
1º intervalo jurídico - Constituição Federal - Art. 5º - Inciso IV - É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.
Continuando a história das PROTEÍNAS - A história das PROTEÍNAS começa no século XVIII, com a descoberta de que certos componentes do mundo vivo, como a clara de ovo (albúmen), o sangue e o leite, entre outras, coagulam em altas temperaturas e em meio ácido. Substâncias com esse tipo de comportamento foram denominadas albuminóides (semelhantes ao albúmen).
Gerardus Johannes Mulder (1802-1880) usou pela primeira vez o termo PROTEÍNA (do grego proteios, primeiro, primitivo) para se referir às substâncias albuminóides. Na verdade, foi o sueco Jöns Jacob Berzelius (1779-1848), um dos mais importantes químicos da época, quem sugeriu o termo a Mulder, por acreditar que as substâncias albuminóides eram os constituintes fundamentais de todos os seres vivos.
O químico alemão Franz Hofmeister (1850-1922) sugeriu, em 1902, que as PROTEÍNAS seriam formadas por aminoácidos encadeados.
Enquanto prosseguiam as pesquisas sobre a natureza química das PROTEÍNAS, desenvolvia-se paralelamente o estudo das enzimas (enzimologia). Em meados do século XIX já se sabia que as enzimas apresentavam semelhanças com as PROTEÍNAS. Entretanto, foi sómente na década de 1930 que se esclareceu definitivamente a natureza química das enzimas: todas elas são formadas por uma ou mais moléculas de PROTEÍNA. Nessa época, já era amplamente aceita a idéia de que as reações químicas vitais são catalisadas por enzimas. (2).
2º intervalo jurídico - Constituição Federal - Art. 5º - Inciso IX - É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.
Consta num Dicionário de Termos Médicos (é de 1946): DIAPEDESE (p. 136) - Saída dos glóbulos dos vasos, através de suas paredes aparentemente íntegras. De DIAPEDESES, formado de DIAPEDAS, transportar-se soltando. FAGÓCITO (p. 193) - Célula que absorve e engloba bactérias, outras células e substâncias estranhas. De fagein, comer e kitos, célula. Der. fagocitável, fagocítico. MACRÓFAGO (p. 268) - FAGÓCITO GRANDE. (3).
Resumo da ópera imunológica: AUTO-HEMOTERAPIA + DIAPEDESE + FAGOCITOSE + QUIMIOTAXIA + MONÓCITOS + MACRÓFAGOS = IMUNOLOGIA.
Muita atenção leitores musicais: Recebemos a informação de que a música, a orquestra e o maestro irão suspender a greve nos próximos dias. A informação nos foi repassada primeiro por um MONÓCITO e a seguir por um MACRÓFAGO, ambos integrantes da agência de notícias QUIMIOTAXIA...
(a*) - W. M. - advogado, escritor, jornalista e poeta. (b*) - RNA ou DNA.
Se Deus nos permitir voltaremos outro dia. Desejamos a todos um promissor 2012. Bom dia.
P. S. - Agradecemos a colaboração jurídica de Victor, brilhante estudante de Direito.
Aracaju, 24 de dezembro de 2011.
Jorge Martins Cardoso - Médico - Crm 573.
Fontes: (1) - BIOLOGIA - Irmãos Maristas - Aurélio Bolsanello - Professor de História da Ciência e de Citologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Católica do Paraná. Coordenador do curso de História Natural do Colégio Santa Maria de Curitiba. José Daniel van der Broocke Filho - Professor de Biologia Geral e de Genética da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Católica do Paraná. Professor do Colégio Santa Maria de Curitiba. Médico Veterinário - 1967 - Editora F. T. D. S/A - Rua do Lavapés, 1.023 - SP - SP - páginas 392 e 393 - (581 páginas). (2) - Dra. Internet e Dr. Google. (3) - Dicionário de Termos Médicos - Dr. Pedro A. Pinto - Catedrático da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro - 4ª Edição - Of. Graf. - Fábrica de Bonsucesso - Rio - 1946 - páginas 136, 193 e 268 - (403 páginas).
http://www.hemoterapia.org/publicacoes/auto-hemoterapia-dr-fleming-e-os-antibioticos-parte-86.asp http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-jmc.htm
http://amigosdacura.ning.com/profiles/blogs/auto-hemoterapia-dr-fleming-e-os-antibi-ticos-parte-86-lxxxvi
28/08/2011 10:23
De: M.Fetha
IP: 189.63.212.23

Re: "PErecer" sobre a auto-hemoterapia - (isto mesmo pErecer, porque por si só ele perece)

Caro amigo Walter
Permita-me completar com as observações abaixo.
abraços.
Os proibidores da auto-hemoterapia publicam "pareceres", lançam mão de "teorias" e mais "teorias", tentando amedrontar as pessoas sobre a verdade da AHT.
Entretanto, os "testemunhos" e "documentos" em favor da auto-hemoterapia, são eficazes e capazes de desmentir os tais "pareceres" e as "teorias" fantasiosas, "PROVANDO INQUESTIONAVELMENTE" que a auto-hemoterapia é eficaz e só faz bem.
Diga-se de passagem, a auto-hemoterapia é tão honesta, transparente e verdadeira, pois qualquer pessoa que retire sangue das veias e aplique nos músculos, entende que os "tais pareceres e teorias dos órgãos proibidores", não são nada mais que vãs tentativas de distorcer a Verdade.
17/11/2011 02:16
De: M.Fetha
IP: 189.5.199.31

Graças a Auto-hemoterapia, portadora de esclerodermia está há mais de 2 anos sem corticóides.

Graças a Auto-hemoterapia, portadora de esclerodermia está há mais de 2 anos sem corticóides.
http://www.youtube.com/watch?v=ZaSMiT0YIxM
Testemunho de usuária da Auto-hemoterapia. Portadora de Esclerodermia já está há mais de dois anos sem corticóides.
Por estar se tratando com auto-hemoterapia, GLAIDE CARVALHO, portadora de esclerodermia, já está há mais de 2 anos sem tomar corticóides.
fotos: http://naturaleusou.blogspot.com/2009/06/auto-hemoterapia-para-o-bem-do-planeta.html testemunho: http://inforum.insite.com.br/39550/5220976.html
Data: 29/10/2007 19:22:56
De: Glaide Carvalho
IP: 201.9.117.24
Assunto: AH
Tenho Esclerodermia a 26 anos e nunca soube o que é ficar sem crises de inchaços e dores, comecei em abril as aplicações e estou cada dia melhor, faço de 7 em 7 dias 5ml.
não tive nem um tipo de reação! Pelo contrario só melhoras em tds os sentidos, mais disposição, sem dores, estou mais magra, pois não fico mais inchada...não tomo mais corticoídes e fiz tds os exames as taxas estão ótimas!
abraços!
-
Revista Científica Européia REFERÊNCIA publica artigo dos cientistas brasileiros Telma Geovanini e Manoel Mozart Corrêa Norberto sobre auto-hemoterapia:
- Tratamento da Esclerodermia doença auto imune através da auto-hemoterapia: Um estudo de caso clínico.
http://www.hemoterapia.org/publicacoes/revista-cientifica-europeia-referencia-publica-artigo-dos.asp -
Lembre-se que contra fatos e fotos não há argumentos!
Então sua ajuda é muito IMPORTANTE!
Faça sua parte, divulgando seu testemunho. Muitas pessoas já fizeram. Divulgue seus laudos, exames, fotos e outros documentos, mostrando de maneira clara, que a auto-hemoterapia é eficaz e muito benéfica.
-
AUTO-HEMOTERAPIA. MEU SANGUE ME CURA.
http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm
http://www.hemoterapia.org/
http://amigosdacura.ning.com/
http://www.youtube.com/worldautohemotherapy
http://pdfcast.org/profile/marcelo%20fetha
13/02/2011 17:45
De: Marcelo Fetha
IP: 189.123.91.11

Re: Re: Re: Associação médica emite nota questionável

Diariamente nos deparamos com novos testemunhos de usuários beneficiados com a auto-hemoterapia. Novas páginas, blogs, sites de pessoas que querem divulgar a AHT, pois por si próprias, comprovaram a eficácia da auto-hemoterapia.
Os argumentos de que não existam estudos científicos que atestem a eficácia da AHT, assim seriam desconhecidos riscos imprevisíveis imediatos ou tardios, já caíram por terra há muito tempo.
E porque isto? Porque a auto-hemoterapia na maior parte dos casos, CURA doenças, principalmente as consideradas crônicas e sem solução para a medicina.
Também porque abstem dos medicamentos. MAS um dos principais motivos é o interesse pessoal. Em outras palavras, livra você da "sabedoria do doutor", "que é justamente o que ele não quer". Esta é uma das razões principais desta situação mesquinha e falaciosa. E também a razão das manifestações contrarias, muitas das vezes raivosas, em contestar a AHT.
Alegação de placebo, nem merece comentários, de tão infantil. Estudos com grupos de controle? Quer grupo de controle melhor do que milhões de pessoas fazendo uso da terapia?
Riscos? Onde estão? Como bem disse Walter Medeiros, são milhões de aplicações diárias, e nenhum caso de insucesso. Considerando-se ainda, quase 4 anos de proibição, e sem falar que a AHT é uma técnica centenária, onde estão os riscos imprevisíveis a longo prazo? Qual é o prazo para longo prazo? São distorções deslavadas para continuar com esta situação vergonhosa de proibir as pessoas de se tratarem. De ameaças aos profissionais de saúde, que se atreverem a desobedecer, os que se auto-intitularam proprietários da saúde das pessoas, usando o sofrimento e desgraça, como um negócio lucrativo.
Então só há um jeito de mudar esta situação. É pela manifestação de mais e mais pessoas que obtiveram benefícios com a AHT. Não há como tapar sol com peneiras. Não há como contestar provas com teorias absurdas, que claramente denotam o interesse mesquinho e desalmado, de pessoas que juraram aliviar sofrimento e ainda curar enfermidades, e por interesses pessoais, omitem-se de seus juramentos.
Aproveito-me da oportunidade, para parabenizar o amigo Walter Medeiros, lutador incansável em defesa da AHT e pela busca da Verdade, pelo seu excelente texto: ASSOCIAÇÃO MÉDICA EMITE NOTA QUESTIONÁVEL - sobre a Auto-hemoterapia. Suas considerações extirparam de vez, a vã tentativa do movimento contra a AHT, com a frase vazia e falaciosa (pois nem de longe são todos que não reconhecem), de que especialistas não reconhecem a auto-hemoterapia.
E concluindo, "muitos renomados especialistas", que verdadeiramente estudaram e experienciaram a auto-hemoterapia, não só a reconhecem, como a recomendam! E MILHÕES de pessoas também.
09/11/2009 18:53
De: Arsenio Fornaro (gte77@hotmail.com)
IP: 69.115.172.117

LIVRO EXCELENTE

Sugiro a todos que dominam o ingles que leiam NATURAL CURES - 'They' don't Want You To Know About - de Kevin Trudeau, o qual estou lendo.
Para obte-lo acessem www.naturalcures.com ou www.amazon.com
15/04/2014 11:55
De: Evaristo Sobrinho
IP: 187.61.209.118

Deu no Correio Braziliense

Pesquisas
Uma rápida pesquisa na base de dados científicos dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (PubMed — National Library or Medicine) mostra um conjunto de publicações sobre o tema. Uma delas,
divulgada no verão de 1997 no Journal of Alternative and Complementary Medicine mostra o uso de auto-
hemoterapia para o tratamento de infecções por herpes. Vinte e cinco pacientes com o vírus receberam uma transfusão de 10ml de sangue autólogo nos glúteos. A resposta favorável de 100% ocorreu em 20
pacientes submetidos à técnica no prazo de sete semanas do início dos sinais clínicos e de outro que a recebeu em um intervalo de nove semanas. “Não ocorreram sinais ou sintomas adversos do tratamento. A
terapêutica foi demonstrada como eficaz na eliminação de sequelas clínicas nesses casos de infecções de herpes e esses resultados justificam investigação clínica mais rigorosa”, conclui o trabalho liderado por J.
H. Olwin, do Centro Médico de St. Luke, em Chicago.
08/07/2013 09:09
De: Fetha
IP: 179.205.130.235

Comentário no video: O que é auto-hemoterapia?

Comentário no video: O que é auto-hemoterapia?
http://www.youtube.com/watch?v=PX0rMlKxDZw
Tenho 62 anos e faço uso da AHT há 6 anos! Eu sempre tinha gripe, amidalite,e meus exames de colesterol, triglicérides, glicemia, estavam alterados, pressão alta, dores no corpo (coluna). O médico me receitou 6 tipos de comprimidos, pra serem tomados 2 vezes ao dia (12 comprimidos por dia!) USO
CONTÍNUO! Aí conheci a AHT, comecei a fazer, e não parei! Meus exames estão normais! Troquei 12
comprimidos ao dia, por uma aplicação de AHT por semana! Farei enquanto viver! Abençoado Dr Luiz Moura!! ♥
dinadourado1: http://www.youtube.com/user/dinadourado1
11/12/2010 23:25
De: Walter Medeiros (waltermedeiros@supercabo.com.br)
IP: 187.111.252.232

DR. MOURA ESPERA QUE MAIS COLEGAS PASSEM A USAR A AUTO-HEMOTERAPIA

A esclerodermia e outras enfermidades foram tratadas com ajuda da auto-hemoterapia pelo Dr. Luiz Moura, médico carioca que gravou um DVD em 2004, que desde a sua publicação vem tendo imensa repercussão no Brasil e em vários outros países. No vídeo o Dr. Moura relata que em 1976 era chefa da chefe da clínica médica do Hospital Cardoso Fontes, e tinha uma consultora dermatológica, a Dra. Ryssia Alvarez Florião.  Em certa ocasião internou-se uma senhora que havia oito meses não andava. A Dra. Ryssia fez três biópsias, mandou para a Dra. Glória Moraes - chefe da Anatomia Patológica, que deu o laudo: “esclerodermia fase final”.
Ele lembra que em face da situação a Dra. Ryssia resolveu dar uma aula sobre o assunto, explicando que toda segunda-feira era proferida uma aula sobre os casos que não fossem rotineiros. “E esse era um caso bastante raro; esclerodermia é uma doença auto-imune e que não é freqüente” – esclarece. Segundo Dr. Moura, foi dada uma aula belíssima, na qual ele aprendeu muito, porque não sabia nada sobre a esclerodermia: “sabia de livro, nunca tinha visto paciente esclerodérmico” – continuou. Em seguida disse que quando terminou a aula, a Dra. Ryssia mandou a enfermeira levar a paciente e entendeu que chegara a hora de dizer o que poderia ser feito pela paciente. “Você mandou levar a paciente para ela não escutar” – opinou. A médica confirmou e revelou: “É verdade, eu não tenho nada a fazer pela paciente.”
DESENGANADA
Naquela ocasião Dr. Luiz Moura indagou à colega médica: “Você me entrega essa paciente para eu aplicar uma técnica que não é corrente e chama-se auto-hemoterapia?”. Ela riu e disse: “O senhor sabe que eu cheguei em maio dos EUA, lá eu era residente médica numa clínica para aonde convergiam todos os casos de esclerodermia de todos os EUA. E a clínica não era mais nada do que um depósito de esclerodérmicos. Não havia mais nada a fazer. Então o senhor acha que pode fazer?”.  Ele respondeu: “Olha, eu vou agora em casa pegar os  trabalhos do Dr. Jesse Teixeira e do Dr. Ricardo Veronesi, e você vai ver que a idéia tem fundamento.”. Na volta, leu as partes principais dos dois trabalhos e perguntou: “E agora Ryssia?”. “Ah, tem lógica, pode funcionar, vale a pena." – respondeu-lhe a médica.
A partir dali Dr. Moura aplicou a auto-hemoterapia, mas como era uma coisa nova a ser feita num hospital, usou o que chamou de uma dose brutal: tirou 20 (vinte) cc de sangue da veia e aplicou 5 (cinco) cc em cada braço (deltóide) e 5 (cinco) em cada nádega, porque tinha que produzir um resultado: “ou funcionava ou não funcionava, eu tinha que chegar a uma conclusão” - decidiu. O médico narra que “A melhora foi uma coisa espantosa. A paciente, que estava com a pele como se fosse pele de jacaré, dura, caminhando para uma morte terrível, a asfixia - porque não consegue respirar mais; o pulmão não pode se expandir, porque o corpo fica como um bloco de madeira; e, por incrível que pareça, trinta dias depois, no dia 10 de outubro de 1976, a mulher saiu andando do hospital.  
OUTRAS INDICAÇÕES
Dr, Luiz Moura fala também sobre outras indicações da auto-hemoterapia, assegurando que são muitas e enumera: primeiro, todas as doenças infecciosas, de modo geral; segundo, todas as doenças alérgicas, pois a auto-hemoterapia tem o que ele define como um efeito maravilhoso na asma brônquica, nas alergias cutâneas, em doenças que ainda não se sabe bem o que são, por exemplo na psoríase, na qual funciona maravilhosamente bem. Continuando a enumeração, diz que a técnica é indicada nas doenças auto-imunes, que são muitas hoje, citando Doença de Crohn, uma doença auto-imune que destrói o intestino, os anticorpos e ataca o final do intestino delgado. Revela que usou para Lupus, contando sobre a paciente R.S., uma moça que ensina as crianças a bailar em Caxias (Rio de Janeiro), que sofre de lúpus, porém o mal está assintomático. “É como se tivesse curada. Ela leva as crianças todo ano, patrocinado pela Itália, para dançar lá na Itália; crianças de rua que ela ensina a dançar. Essa moça eu tratei de lúpus, ela não podia, não tinha condições de trabalhar e nem fazer nada”.
Conforme o relato do Dr. Moura, a auto-hemoterapia também dá um excelente resultado em atrite reumatóide. Conta que tem uma paciente da UFRJ, “uma funcionária de lá que estava praticamente sem andar há 8 anos e com a auto-hemoterapia ela está hoje normal. Ela sobe no meu consultório, pega ônibus. Não tem mais problema nenhum”. Nas miastenias graves, refere-se a um paciente que tem a sua idade. Aquela paciente foi diagnosticada como miastenias graves em 1980, no Instituto de Neurologia, na Av. Pasteur, e foi dado como não tendo nada o que fazer, porque nada se fazia mesmo. “E ela vem fazendo a auto-hemoterapia desde 1980. Ela é a única sobrevivente de miastenias graves; de todos os pacientes que tinham miastenias graves na época, não existe nenhuma viva, só ela. E vai ao meu consultório com a filha, de ônibus. Isso 24 anos depois”, completou.
DIVULGAÇÃO
O médico diz que “é realmente uma coisa incrível não se divulgar um trabalho que beneficia e alivia o sofrimento de tanta gente; em tantas direções, em tantas patologias, em tantos tipos diferentes de doenças crônicas, e agudas também”. E continua: “Eu, por exemplo, sei que estou errado em não tomar vacina de idoso, mas como eu faço a auto-hemoterapia acho que não preciso, porque eu tenho meu Sistema Imunológico ativado. Não condeno não, ótimo que todo mundo use a vacina de gripe. Eu não preciso, eu nem minha mulher, pois fazemos a auto-hemoterapia e mantemos nosso Sistema Imunológico ativado”. Avalia que “Então realmente é um recurso terapêutico que tem uma amplitude enorme”.
“Em 1980 atendi uma senhora, funcionária da Petrobrás, cujo serviço médico diagnosticou esclerodermia. Não tendo o que fazer, decidiram então aposentá-la. Foi quando ela me procurou, eu contei o caso de 4 anos antes - o caso de esclerodermia da outra paciente do Hospital Cardoso Fontes. Ela decidiu fazer o tratamento, e não tem sintoma nenhum, até o dia de hoje (2004)”. Informava que a mulher só iria se aposentar no ano de 2005, por tempo de serviço, 25 anos depois de uma indicação de aposentadoria precoce.  
COMPROVAÇÃO
Defende que “Então realmente é uma coisa que poderia mudar a vida de muita gente, como mudou a vida dela. Imagine se ela se aposentasse naquela altura, que aposentadoria ela teria hoje? Que situação ela teria? Bom, provavelmente nem viva ela estaria, se não tivesse feito esse tratamento”, garante. “A auto-hemoterapia é um recurso que tem um número enorme de aplicações, e que tem uma explicação científica de como funciona. Não é algo a dizer que é misterioso, que é uma magia, ou uma panacéia qualquer, não! Sabe-se como funciona” - explica.
Observa também que “Os trabalhos anteriores, europeus, todos eram na base do empirismo, ninguém tinha comprovado como funcionava. Foi um brasileiro, o professor Jesse Teixeira, que comprovou como funcionava, em 1940. Era para esse tratamento ter sido divulgado e estar sendo usado, porque a medicina se torna cada vez mais cara”. Avalia que “As doenças que a auto-hemoterapia evita ocorrem muito na idade avançada, o idoso está se tornando um paciente que representa um peso muito grande nas despesas com saúde; e é por isso que os planos de saúde cobram um absurdo dos idosos, porque realmente eles custam muito caro para ser mantidos com vida e relativa saúde”. Afirma que “é realmente uma coisa muito valiosa esse tratamento. Eu espero que se consiga ir divulgando e com o tempo isto será conseguido, fazendo com que alguns colegas passem a usá-la, pressionados pelos pacientes. A verdade é que quando se vêem os resultados e não têm como explicar, saem pela tangente e dizem ser remissão espontânea. É uma saída, para não admitir que foi a auto-hemoterapia”.
30/01/2011 18:07
De: Marcelo Fetha
IP: 189.123.85.46

Auto-hemoterapia cura dermatite auto-imune

Domingo, 30 de janeiro de 2011 - 17:14:08

201.67.40.226
Sabrina Giuzio Eu tbem me curei de uma dermatite auto-imune com a AHT... Já tinha me entupido de antibióticos, feito todos os exames de sangue possíveis, pomadas, filtro solar.... Era um verdadeiro ritual, sem resultados!! Já estava desanimada até começar as aplicações que em 1 mês já me curou, todas as feridas secaram!!!
Sabrina Giuzio:
http://www.facebook.com/profile.php?id=100000309160835
Post de Diva em AHT hemoterapia
Seu IP: 3.234.245.121 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)