Espaço para a discussão sobre a AHT (AUTO-HEMOTERAPIA) e envio de relatos sobre experiências dos usuários desta técnica terapêutica. A AUTO-HEMOTERAPIA é uma técnica simples, em que, mediante a retirada de uma pequena quantidade de sangue da veia e sua imediata aplicação no músculo, estimula um aumento dos macrófagos, que são as células sangüíneas que fazem a "limpeza" de tudo o que é prejudicial no organismo, eliminando bactérias, vírus, as células cancerosas, etc. Esse aumento da produção de macrófagos pela medula óssea (de 5% para 22%) se deve ao fato de que o sangue injetado no músculo funciona como um "corpo estranho" a ser rejeitado pelo Sistema Retículo Endotelial (SRE), o que faz com que o nível imunológico se eleve, permanecendo ativado durante 5 dias, após os quais o percentual de macrófagos vai decaindo até o sétimo dia, retornando aos 5%. Com isso, inúmeras doenças, inclusive as graves como as auto-imunes, regridem rapidamente, proporcionando o restabelecimento da saúde. A AHT, entretanto, não representa nenhum risco para o paciente e não produz efeitos colaterais. Este fórum se destina primordialmente àqueles que já utilizam a AHT e não possuem mais dúvidas sobre sua eficácia, mas também admite a discussão séria e responsável sobre o assunto, tendo em vista o envio de orientações sobre os detalhes da técnica, tanto para os que já a utilizam, como para os que desejam passar a utilizá-la e querem se informar melhor sobre a mesma.

Tags: tratamento medicina sangue enfermagem autohemoterapia anvisa crm auto-hemoterapia coren cfm sus
20/05/2011 02:11
De: MARIA CRISTINA MACHADO DE ASSUNÇÃO
IP: 187.27.220.245

ESTOU DESCOBRINDO A,AUTO-HEMOTERAPIA.

OLÁ, tomei conhecimento mais profundo sobre, auto-hemoterapia, semana passada, embora já  havia  lido alguma coisa, e também via tv. mas bem superficial. Agora uns amigos, me enviaram artigos e relatos sobre o assunto, sofro há vários anos , de osteoartrose degenerativa,doença recorrente na família, em 2007 coloquei protese no joelho direito , a cirugia foi um fracasso, a protese está solta, com formações amorfas, sofro dores terriveis, os médicos não querem trocar,mas colocar protese no outro joelho. Faço uso constante de medicações forte para DOR.. ando com muita dificuldades com um par de muletas,estou afastada do trabalho pelo inss desde 2003. E completei 56 anos em março passado.Vendo o meu desespero os amigos me incentivaram pelo menos tentar.E desde então tenho buscado freneticamente por informaçõe,assim cheguei até esse fórum.
Bem, vou fazer uma primeira  consulta com um médico , que abraçou essa  causa e me foi  indicado pelos meus amigos. estou confiante, e espero em breve poder ser mais uma paciente, que ficou sem resposta da medicinal tradidicional, dar meu depoimento.QUE MEU SANGUE ME CUROU.
Um abraço a todos.
ATENCIOSAMENTE.MARIA CRISTINA MACHADO DE ASSUNÇÃO- MAIRIPORÃ- SÃO PAULO.
12/10/2012 08:49
De: Fetha
IP: 177.82.87.79

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos... Artigo 99 - (XCIX) Inflamação e Reparação - 14ª parte

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos...
Artigo 99 - (XCIX)
Inflamação e Reparação
- 14ª parte
Fagocitose - Microorganismos, assim como partículas inertes, que penetram nos canais linfáticos, espaços texturais e órgãos, como os pulmões ou a corrente sanguínea, são rapidamente englobados por leucócitos polimorfonucelares, por macrófagos mononucelares, ou por macrófagos fixos do sitema retículo endotelial. (1).
1º intervalo musical - Vento que balança as palhas do coqueiro/vento que encrespa as ondas do mar/vento que assanha os cabelos da morena/me traz notícias de lá.
Sistema Retículo Endotelial (S. R. E.) - Corresponde a uma conceituação funcional de células fagocíticas fixas dos tecidos linfóides, do fígado, do baço, medula óssea, pulmão e outros, as quais são eficientes na ingestão e remoção de material que se apresenta sob a forma de partículas nas correntes linfáticas e sanguínea. Este sistema de células fagocitárias fixas é o principal meio de remoção de partículas, incluindo bactérias, do sangue e da linfa. (1).
2º intervalo musical - Vento que assovia no telhado/chamando para a lua espiar, ô/vento que na beira lá da praia/escutava o meu amor a cantar.
O que está escrito neste livro de MICROBIOLOGIA, vem reforçar o que transcrevemos do livro de PATOLOGIA, (2) - (ao longo do artigo 99) -, quando se fala a respeito da FAGOCITOSE, dos MACRÓFAGOS e do SISTEMA RETÍCULO ENDOTELIAL (S.R.E.).
Para engrossar ainda mais o caldo, vamos, mais uma vez, repetir algumas partes daquilo que foi transcrito do livro de HISTOLOGIA.
3º intervalo musical - Hoje estou sozinho e tu também/triste, mas lembrando do meu bem/vento diga por favor/aonde se escondeu o meu amor/vento diga por favor/aonde se escondeu o meu amor.
"A palavra macrófago significa "grande comedor", e designa de modo adequado um grande fagócito que é normalmente encontrado no tecido conjuntivo frouxo, e que pode ingerir certas espécies de bactérias, durante infecções, ajudando também o tecido conjuntivo frouxo a manter-se livre de pedaços resultantes da fragmentação de células ou de seus produtos". Consta da primeira parte do artigo 96. (3).
4º intervalo musical - Vento diga por favor/aonde se escondeu o meu amor/vento diga por favor/aonde se escondeu o meu amor.
"O prefixo macro distingue estas células de outros fagócitos menores encontrados no sangue, que não obstante penetram no tecido conjuntivo frouxo num local onde exista reação inflamatória. Estes fagócitos menores, habitantes normais do sangue, foram chamados micrófagos há muito tempo. Hoje, contudo, os "micrófagos" são universalmente denominados leucócitos neutrófilos (polimorfonucelares)". Consta na primeira parte do artigo 96. (3).
5º intervalo musical - Vento que assovia no telhado/chamando para a lua espiar, ô/vento que na beira lá da praia/escutava o meu amor a cantar.
"Quando injetamos o azul de tripan no tecido areolar de um animal vivo, seguindo a técnica exposta acima, o material injetado desencadeia geralmente uma reação inflamatória nesse tecido, determinando o aumento do número de macrófagos na áera lesada e nas proximidades dela". Consta na seguda parte do artigo 96. (3).
6º intervalo musical - Hoje estou sozinho e tu também/triste, mas lembrando do meu bem/vento diga por favor/aonde se escondeu o meu amor/vento diga por favor/aonde se escondeu o meu amor.
"Alguns dos macrófagos adicionais que surgem em reações inflamatórias têm origem local; outros têm origem hematogênica. Em geral, acredita-se que alguns se desenvolvam localmente, resultando da divisão celular de macrófagos pé-existentes na região. Muitos têm, não obstante, origem hematogênica, e originam-se de monócitos. Os monócitos atravessam as paredes dos capilares e das vênulas do tecido onde se desenvolve uma reação inflamatória; alcançando o tecido eles se transformam em macrófagos". Consta na segunda parte do artigo 96. (3).
"Contrariamente às células vermelhas, que desempenham suas funções no sangue, as células brancas, embora sejam descritas como células sanguíneas, não têm qualquer função no sangue - elas desempenham suas funções mais importantes quando abandonam o sangue, migrando através das paredes dos capilares e penetrando nos tecidos conjuntivos frouxos do corpo". Consta na quarta parte do artigo 96 (3).
"As células brancas desempenham dois tipos de funções ao penetrar o tecido conjuntivo frouxo. Uma variedade de células brancas, os leucócitos neutrófilos, ou leucócitos polimorfonucleares, como são denominados comumente, comportam-se como fagócitos. Outras células brancas desempenham suas funções no tecido conjuntivo frouxo não sob a forma original, mas servindo como células-fonte para células do próprio tecido conjuntivo. Os monócitos do sangue, por exemplo, ao penetrar no tecido conjuntivo, podem originar macrófagos". Consta na quarta parte parte do artigo 96 (3).
"Os monócitos constituem apenas 3 a 8% dos leucócitos totais do sangue em condições normais". O monócito costuma ser considerado como uma célula jovem que só atinge o máximo de desenvolvimento e o máximo de capacidade funcional quando deixa a corrente sanguínea e penetra nos tecidos. Aí ela se diferencia numa célula algo maior e com grande potencialidade de fagocitose. A célula maior costuma se chamar macrófago mas tem muitos outros nomes". Consta na primera parte do artigo 97. (3).
"Talvez seja conveniente assinalarmos que nem todos os macrófagos do tecido conjuntivo se originam dos monócitos, visto que alguns nascem e permanecem no tecido conjuntivo". Consta na primera parte do artigo 97. (3). (continua).
1º intervalo aleatório - No próximo dia 28 de outubro será realizado o segundo turno das eleições municipais. Vote consciente! Não vote em candidato que é contra a inofensiva auto-hemoterapia!
2º intervalo aleatório - Ontem, 4ª feira, dia 10 de outubro de 2012, o "Bom Dia Brasil" tascou: "Erro Médico: "ÔPA na VEIA mata idosa"! À noite, o "Jornal Nacional" confirmou: "SÔPA na VEIA matou anciã"!
3º intervalo aleatório - Há quem diga que o CREMERJ e o COREN do Rio de Janeiro, querem comprovar cientificamente que "SÔPA na VEIA nunca matou ninguém".
4º intervalo aleatório - "Retirar sangue da VEIA de uma pessoa, e aplicá-lo no músculo da mesma pessoa, nunca matou ninguém". Rede AHT, tudo a ver.
5º intervalo aleatório - Oi, oi, oi...
Alô leitores musicais - O nome da gostosa toada é "Prece ao Vento", cujos autores são Alcir Pires Vermelho (1906-1994), Gilvan Chaves (1919-1986) e Fernando Luiz (1898?-1986?). A música é de 1954 e já foi gravada pelo "Trio Nagô", Fernando Mendes (1950-) e Wilson Simonal (1938-2000), entre outros. (4).
Se Deus nos permitir voltaremos outro dia. Desejamos à todos uma boa leitura e um bom dia.
Aracaju, 5ª feira, 11 de outubro de 2012.
Jorge Martins Cardoso - Médico - CRM 573.
Fontes: (1) - Livro de MICROBILOGIA - Dr. Ernest Jawetz e colaboradores. Livro de PATOLOGIA - Dr. Stanley L. Robbins e colaboradores. (3) - Livro de HISTOLOGIA - Dr. Arthur W. Ham e colaboradores. (4) Dra. Internet, Dr. Google e Dra. Wikipédia.
18/10/2011 14:41
De: M.Fetha
IP: 189.63.210.237

18/10/2011 - 10:00 Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos... (72)

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos... (72)
JornaldaCidade.Net
Jorge Martins Cardoso - Médico – CRM 573
Bem leitores da rede AHT. Bem leitoras da rede Record. Tudo legal? Hoje daremos continuidade à história "trepidante" do Sr. Virchow, aquele sujeito. Antes, o nosso principal intervalo.
Intervalo musical - A luta contra a debilitante paralisia infantil (poliomielite) continua, e a luta a favor da saúde, a favor da inofensiva AHT (auto-hemoterapia), também continua.
LEIA NA INTEGRA: http://www2.jornaldacidade.net/artigos_ver.php?id=16323
01/08/2008 17:44
De: Olivares
IP: 200.20.24.250

UM EXEMPLO DE PESQUISA CIENTÍFICA E DE SUA VISÃO MERCANTILISTA...

PUCRS vende patentes sobre droga contra doenças ligadas ao envelhecimento.
A PUCRS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul) vendeu duas patentes para a Eurofarma com a intenção de produzir um medicamento contra doenças relacionadas ao envelhecimento. O remédio terá como base o resveratrol -molécula que está presente no vinho e no suco de uva. Foi a primeira vez que a universidade teve patentes licenciadas para uma empresa.
A molécula ajuda a controlar a chamada homeostase, o equilíbrio entre as funções do organismo. Segundo os pesquisadores, o resveratrol, que é um antioxidante, ajuda a regular proteínas ligadas a essa função.
Com a molécula isolada em um medicamento, porém, as pessoas deixam de ter o resveratrol como desculpa para ingerir bebida alcoólica.
Uma das patentes da PUCRS se refere à descoberta do professor da Faculdade de Química André Souto, que encontrou grande concentração da molécula na raiz de uma hortaliça chamada azeda. Ela possui cem vezes mais resveratrol do que o suco de uva ou o vinho.
Outra patente trata de uma formulação para aumentar a retenção desse composto no organismo, também elaborada por Souto. "A molécula tem um problema: é eliminada muito rapidamente", explica. "O desafio, então, foi inventar uma formulação que ficasse mais retida no organismo."
Segundo o pesquisador, um dos objetivos é testar a eficácia do remédio contra diabetes tipo 2, que é mais comum em idosos e está relacionada em certa medida ao desequilíbrio homeostático. Antes dos testes em humanos, serão feitos estudos da ação do fármaco em culturas de células e em cobaias.
Se o medicamento der certo, a PUCRS terá direito a 4% sobre as vendas, e esse valor é dividido com o pesquisador, que fica com 30%. Segundo Souto, o resveratrol pode abrir a porta para a chamada "medicina holística", que se propõe a tratar do organismo com um todo, e não de doenças específicas.
De acordo com Wolney Alonso, diretor de Inovação da Eurofarma, a expectativa otimista é colocar o remédio no mercado em 2013. Segundo ele, o campo de atuação da droga pode ser muito amplo, incluindo até mesmo doenças relacionadas à memória.
"Mas ainda faltam estudos sobre seus efeitos colaterais e sobre a quantidade máxima que pode ser ingerida", disse.
Alonso diz que a molécula era um objeto de desejo em razão do chamado "paradoxo francês": a França tem uma incidência menor de doenças cardiovasculares do que a Inglaterra, por exemplo, apesar de ambos os países cultuarem uma dieta rica em gorduras. A explicação estaria no vinho (britânicos preferem cerveja).
NOVA PANACÉIA?
No início do mês, um estudo com camundongos publicado na revista "Cell Metabolism" mostrou que o resveratrol tem o mesmo efeito que o de uma alimentação com poucas calorias. Nesses animais, ele ajuda a controlar a diabetes e problemas nos vasos sangüíneos, melhora a coordenação motora, previne a formação de catarata e preserva a densidade óssea.
Um dos autores da pesquisa, Rafael de Cabo, do Instituto Nacional de Envelhecimento dos EUA, afirma que o resveratrol aumenta "a vida produtiva e independente". Seu colaborador David Sinclair, da Escola Médica de Harvard, disse ter ficado surpreso em observar como os efeitos foram amplos nos roedores -o resveratrol influencia toda uma série de doenças não relacionadas entre si, mas associadas à idade.
As equipes de Sinclair e Cabo compararam três grupos de cobaias. Um deles era alimentado normalmente, um tinha refeições supercalóricas e outro hipocalóricas. Já se sabia que uma restrição calórica de 30% a 50% nas cobaias poderia prevenir problemas do envelhecimento, mas o resveratrol revelou efeitos semelhantes, sem dieta especial.
Fonte: Folha de São Paulo
http://www.fundacaounimed.org.br/site/interna.aspx?id=19&idt=3&cont=2319&ic=1
Com esta notícia podemos atestar a visão mercantilista das pesquisas, sejam públicas ou privadas...
Ora, se essa planta é boa (azeda) porque não comercializá-la  em forma de alimento natural?
Acho que aí o retorno financeiro seria muito menor...
02/04/2008 11:37
De: Félix
IP: 10.0.223.150, 200.181.60.34

O outro inforum

Prezado Evaristo,
O outro infórum (do Marcelo) está muito ruim, ele ficou restrito  somente ao Marcelo, Alejandro,Water e Robert, eu acho que o Alejandro está conseguindo o seu objetivo, que é sufocar os relatos positivos da Auto Hemoterapia postado pelas pessoas comuns e, ao mesmo tempo desencorajar aos  que acessam. No meu entender, o que tá se passando lá é que estas pessoas estão muito empenhadas em  fazer com que os praticantes mudem de idéia com relação a AHT, porque acabam influenciando na opnião das pessoas, como é feito pelas pessoas tidas como celebridades, na época das eleições. Por isso quero parabenizar pela a criação de mais esse imfórum.
Félix
01/06/2012 22:47
De: Evaristo Sobrinho
IP: 189.124.217.47

PELO FIM DO ARBÍTRIO DA ANVISA E CFM

Uma campanha pela Liberação do uso da técnica denominada Auto-Hemoterapia foi lançada hoje no site Avaaz.com, considerado a maior comunidade de campanhas online para mudança social na internet. Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Trata-se de uma terapia que vem salvando vidas há mais de cem anos, e cuja divulgação cresceu muito depois que começou a ser divulgado um DVD explicativo pelo Dr. Luiz Moura, do RJ, adepto do procedimento há mais de 60 anos.
A petição foi proposta pelo internauta Haroldo Ventura, de São Paulo, ferrenho defensor da AHT, que explicou por que é importante os cidadãos subscreverem a campanha: “Os brasileiros sofrem com o descaso da saúde. Sem acesso aos tratamentos mais caros, enfrentam filas e até morrem sem ter um atendimento adequado. A Auto Hemoterapia é uma técnica simples utilizada em vários países, sendo proibida somente aqui no Brasil pelo Conselho Federal de Medicina, CFM e Pela ANVISA - Agencia Nacional de Vigilancia Sanitaria”. Diz ainda a petição que “Sem se preocuparem ao menos com os milhares de relatos que atestam a eficiência dessa técnica, simplesmente a proibiram de ser utilizada pelos médicos e enfermeiros, alegando que ela não tem comprovação científica. Mas não fazem nenhum tipo de pesquisa ou criam uma comissão para estudá-la, deixando a população enorme que já a utiliza em situação clandestina”.
Para assinar a petição, basta acessar o site http://bit.ly/JFQegr e seguir as intruções.
12/09/2012 09:10
De: Evaristo Sobrinho
IP: 189.124.217.47

DEPUTADO BAIANO PROPÕE USO DA AUTO-HEMOTERAPIA NO SUS

O deputado estadual baiano Deraldo Damasceno, do PSL, propôs ao governador Jaques Wagner através de indicação dirigida que a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia adote a auto-hemoterapia nas unidades hospitalares do Estado. Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos e nos últimos anos vem sendo difundida através do relato de experiências do Dr. Luiz Moura, do RJ e milhares de usuários.
Na indicação o deputado explica que o tratamento é antigo e simples, acrescentando que foi usado pela primeira vez em 1911, mas sua utilização foi mais intensa na década de 1940, quando passou a ser usado para combater doenças infecciosas. Foi a década de 40, no entanto, mais exatamente o ano de 1941, que introduziram na medicina a inovação que levaria ao abandono quase absoluto da auto-hemoterapia – o uso da penicilina no tratamento de seres humanos. Descoberta “por acaso” em 1928, a partir de um fungo, pelo escocês Alexander Fleming, a penicilina foi pela primeira vez utilizada em um ser humano em 1941, para tratar um caso de septicemia (infecção generalizada a partir da infestação do sangue por bactéria). Salvou muitas pessoas durante a Segunda Guerra Mundial e abriu a porta para a criação e uso da ampla gama de antibióticos hoje disponível e em expansão.
UNIÃO
O deputado considera que o abandono da auto-hemoterapia por causa do surgimento dos antibióticos foi uma estupidez. As duas terapias não são iguais no efeito – o antibiótico enfraquece a bactéria, dificulta sua reprodução ou a mata, enquanto a ação da auto-hemoterapia reforça extraordinariamente o sistema imunitário, o que os antibióticos não fazem. Se, portanto, o sistema imunitário de uma pessoa com infecção ou risco de ser contagiada estiver enfraquecido, por idade ou outros fatores, a auto-hemoterapia vai eliminar essa fraqueza e unir-se ao antibiótico no combate.
Além disso, há casos inacessíveis para o tratamento com antibióticos e que a auto-hemoterapia, se aplicada continuadamente, pode resolver, a exemplo da eliminação gradual de coágulos, segundo explica o Dr. Luiz Moura, que pratica a auto-hemoterapia e é citado na indicação dirigida ao governador Jaques Wagner, apresentada na Assembléia Legislativa pelo deputado Deraldo Damasceno.
LUCROS
Segundo o parlamentar, como passaram a existir os antibióticos, pesquisados, inventados, produzidos e vendidos a bom preço, dando grandes lucros a tantos, para que mais serviria a auto-hemoterapia, humilde tratamento que só custa uma seringa com agulha e só exige uma pessoa habilitada a tirar 10 ml de sangue de uma veia do paciente e injetar esse sangue nos músculos bíceps ou glúteo (neste, de preferência, pois no bíceps seria necessário dividir a dose pelos dois braços). Como lugar de sangue é artéria, veia e coração, o sangue vazado no músculo será reconhecido como corpo estranho e o sistema imunitário imediatamente (em oito horas) multiplicará suas defesas (entre outros elementos, os macrófagos – que combatem bactérias, vírus, células cancerosas – quadruplicam) para combater o suposto intruso. E estará disponível, assim, para combater também o intruso verdadeiro, a bactéria responsável por infecção existente ou provável (se a pessoa está em um hospital, o risco de infecção hospitalar é grande, bom que esteja com o sistema imunitário funcionando a mil).
DESCASO
Como se sabe – e observou o articulista Ivan de Carvalho em artigo no site “Bahia em Pauta” -  temos um Ministério da Saúde, 26 secretarias de saúde estaduais e a secretaria de saúde do Distrito Federal, centenas de secretarias e serviços de saúde municipais, escolas de medicina em muitas universidades federais, estaduais e municipais e centenas de hospitais públicos e privados. Muitas dessas instituições lidam com pesquisas médicas. Além disso, há um Conselho Nacional de Medicina e conselhos regionais de medicina. Mas a proposta veio através do deputado estadual baiano. Isto só mostra o descaso de todos os órgãos públicos da área para com a saúde da população.
O Deputado Delegado Deraldo Damasceno é formado em Direito pela Faculdade Teófilo Otoni, pós-graduação em Processo Penal e Direito Penal pela Faculdade do Vale do Rio Doce e Docência para Ensino Superior - ABECM, Faculdade Visconde de Cairu, Salvador. Foi eleito deputado estadual pelo PSL, para o período 2011-2015. É titular das Comissões de Defesa do Consumidor e Relações de Trabalho (2011), Direitos Humanos e Segurança Pública (2011); Coordenador da Sub-comissão de Prevenção as Irregularidades nas Relações de Consumo (2011); e Membro da Sub-comissão de Segurança Pública Defesa Civil (2011).
27/05/2008 18:45
De: eunice
IP: 189.100.132.32

Depoimentos sobre autohemo

gostaria de receber depoimentos sérios, de pessoas honestas e idoneas, sobre resultado com a autohemo. estou fazendo uma pesquisa para, futuramente, fazer uma reportagem, tanto em defesa da técnica como do próprio criador dela. também estou iniciando tratamento para dar meu depoimento pessoal.
grata
25/07/2010 16:10
De: Marcelo Fetha
IP: 189.123.84.70

Re: Acidentes com MOTOS:Urgente

Você sabe o que é Auto-hemoterapia?
Assista aos vídeos e saberá tudo sobre ela.
www.youtube.com/worldautohemotherapy
-
Vídeos com legendas em Inglês: (audio Portugues)  
www.youtube.com/AHTenglish320x240  
www.youtube.com/haroldoventura
www.youtube.com/autohemotherapy
videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento

Vídeos com legendas em Espanhol: (audio Portugues)  
www.youtube.com/AHTespanol
www.youtube.com/smilersun
28/03/2015 01:49
De: emily
IP: 191.123.100.79

Hemo terapia

Bom dia,
Quero fazer hemo terapia apesar de ter medo de injeção, mas devido a necessidade tenho que deixar de lado o medo é que estou com lesão intra epitelial escamosa alto grau ( nivaII) e estou muito preocupada porque já fiz tratamento em dez de 2014  e esta baixo grau e agora fiz os exames e está no grau II  estou preocupada por ter almentado o grau apesar do tratamento então pesquisando  achei a auto hemoterapia mas não sei como encontrar pessoas que faz então se puderem me indicar.
Obrigado.
Seu IP: 100.24.209.47 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)