A Síndrome do Intestino Irritável (SII), também conhecida como Síndrome do Cólon Irritável (SCI), é uma manifestação intestinal benigna, ou seja, sem lesão na estrutura do órgão, como inflamação e úlceras. Caracteriza-se por dores e mal-estar no abdome, com períodos de melhora, podendo persistir por vários anos. Pedidos de Kefir: meukefir@gmail.com Fone: (11) 97528-0536

Tags: kefir intestino ventre dor irritado irritavel coloscopia colon diarreia lactobacilo lactobacilus
29/02/2012 14:41
De: ROMILSA
IP: 187.2.78.169

INTESTINO

VOU VARIAS VEZES EVACUAR ISSO E NORMAL NÃO SINTO DORES,BEBO MUITA AGUA  O QUE DEVO
FAZER                                                                                                                                                                  
OBRIGADO
22/08/2007 16:58
De: santos
IP: 201.9.254.144

SII

Nos últimos meses, tenho notado que o meu intestino ficou mais barulhento do que o normal, qdo tenho fome, o barulho que faz é vergonhoso (às vezes, tenho impressao que existe um monstro dentro de mim) e muitas vezes mesmo depois de me alimentar ele ainda faz esse barulho horrível. Também tenho sentido umas colicas, geralmente pela manha.
Também tenho sentido ultimamente, de vez em quando, uma sensação de engasgo e o estômago muito cheio, às vezes até sinto azia. Gostaria de saber se isso é um dos sintomas da SII.
obrigada.
03/04/2012 11:34
De: pedro
IP: 187.41.71.140

Quero saber se oq eu tenho possa ser a sindrome

Oi meu caso é o seguinte, gostaria de saber oq tenho!!
sempr começa com uma agonia no penis ele fica como se fosse uma queimação na uretra ( n é na hora de urinar nem de ejacular) é sempre
depois começa os gazes pressão forte na cinturas e depois um mal estar no anus como se fosse na musculatura n sei explicar! em seguida asias e dores nas nádegas e pernas e as vezes parece que a evacuação é incompleta .
isso pode ser a sindrome do intestino irritávell?
10/06/2014 19:51
De: GLADSTONE (splendor_sky_eyes@yahoo.com.br)
IP: 187.21.200.214

Sem diagnostico

Olá Sweetli
Boa noite. Meu nome é Gladstone. Moro em Santos.
A pedida certa para derrotar a sindrome do intestino irritável, é a AUTOHEMOTERAPIA. Leia os depoimentos de quem tinha esse mal e dele livrou-se por meio dessa prática revolucionária.
Boa sorte.
17/11/2006 16:09
De: Hamashiha (graosdekefir@yahoo.com.br)
IP: 201.1.31.28

O que vem a ser a S.I.I. ou S.C.I.

Síndrome do Intestino Irritável
Prisão de ventre ou intestino solto podem ser sintomas
Há algum tempo, seu relógio biológico anda descontrolado. Você não entende o motivo e resolve procurar um médico. São feitos exames e não aparece nenhuma alteração bioquímica e estrutural. O diagnóstico é a Síndrome do Intestino Irritável (SII). Nome estranho, mas uma doença que se tornou comum no mundo moderno. O número de pessoas afetadas por essa síndrome alcança 10% a 20% da população em países europeus ou nos Estados Unidos.
De acordo com a nutróloga Alice Amaral, a síndrome é uma doença crônica, com sintomas recorrentes e diz que é comum as pessoas terem os sintomas e só procurarem o médico quando o número de evacuações aumenta ou diminui a freqüência.
Mas é possível ficar durante muito tempo sem apresentar os sinais da síndrome. "Às vezes, a pessoa fica um longo período sem apresentar os sintomas", diz a nutróloga. E acomete mais as mulheres geralmente no final da adolescência ou antes dos 30 anos. "Isso não significa que não ocorra em homens ou mulheres com idade acima de 30 anos", explica. O problema não tem causa conhecida, mas acredita-se que tenha a ver com a alimentação e, até mesmo, com a parte psicológica.
Sintomas
Os principais sintomas são:
·  Dor e distensão abdominal, na parte inferior ·  Alterna períodos de diarréia com prisão de ventre ·  Presença excessiva de gases ·  Sensação de não esvaziamento completo, após a evacuação
Normalmente, quem possui a síndrome são pessoas ansiosas, com oscilações de humor e tendência à depressão. "A pessoa que tem tendência à depressão, faz-se necessário o uso de medicamento anti-depressivo", diz.
Outro ponto ressaltado foi a alimentação correta. "Uma alimentação visando a diminução desses gases". Para isso, ela indica a eliminação de alimentos que fermentam. Quem possui tendência à prisão de ventre, é preciso ingerir alimentos ricos em fibra, para ajudar o trânsito intestinal.
O ideal é que se faça várias pequenas refeições durante o dia. "Se você fica muito tempo sem se alimentar, você vai estar aumentando a formação de gases.".
Alimentos que se deve evitar:
·  Bebidas alcoólicas ·  Refrigerante ·  Chiclete ·  Alimentos com cafeína ·  Chocolate ·  Frutas que fermentam (maçã, pêra, ameixa vermelha, cereja, uva) ·  Alimentos gordurosos (banha de porco, bacon, a carne de porco) ·  Feijão, café, queijos amarelos (exemplo a musarela).
O que é bom ingerir:
·  Muita água ·  Frutas frescas ·  Cereais integrais ·  Carnes magras, como frango sem pele, peixes, atum, sardinha ·  Fibras diversas ·  Gordura em pouca quantidade e que seja de origem vegetal, como óleo de girassol
Dica
É importante saber:
O Kefir Hamashiha é um probiótico, que pode trazer grande alívio para  este problema:
Kefir Hamashiha Water (para intestino solto)
Kefir Hamashiha Milk (para intestino preso)
A ingestão de fibras deve ser feita gradualmente, para que o organismo se acostume e não aumente os gases intestinais. Somente quem tem problemas de prisão de ventre pode se alimentar com fibras. Mas, no caso da diarréia, o aumento de fibra pode piorá-la.
Pedidos do Kefir Hamashiha:
http://www.hamashiha.bpg.com.br
06/05/2007 23:16
De: Hamashiha
IP: 200.157.113.11

Síndrome do Intestino Irritável

Síndrome do Intestino Irritável
   O que é?
   A Síndrome do Intestino Irritável (SII) é uma doença comum, e caracteriza-se pela alteração do hábito intestinal, podendo estar associada à dor e distensão abdominais. Em geral, a SII está relacionada à ansiedade e ao estresse psicossocial. Esta doença afeta 12% das pessoas em todo o Mundo. A dor abdominal e o desconforto intestinal experimentados pelos pacientes com SII causam a piora na qualidade de vida, e fazem com que estes pacientes procurem ajuda médica.
   A SII ocorre em idades variáveis, mas é mais freqüente durante a adolescência e na terceira e quarta décadas de vida. O início dos sintomas após 50 anos de idade é incomum. As mulheres são duas vezes mais afetadas do que os homens, e a associação com períodos de estresse psicossocial é evidente.
Sintomas
   Os sintomas da Síndrome do Intestino Irritável são dor abdominal (cólica), distensão abdominal (gases), diarréia e constipação. A diarréia é um sintoma comum e inconveniente, já que altera o estilo de vida (idas freqüentes ao banheiro), incontinência fecal (perda involuntária de fezes), urgência evacuatória e ansiedade. A constipação está associada à distensão abdominal, flatulência, dor abdominal e alteração estética. Em alguns casos há alternância dos sintomas, ou seja, em um período o paciente se queixa da diarréia, e em outro, da constipação.
   Deve-se sempre lembrar que a SII é uma doença funcional, ou seja, não há qualquer lesão anatômica associada. Desta forma, não há motivos para sangramento intestinal, evacuação com muco, febre, anemia e perda de peso. Quando estes sintomas estão presentes, outras doenças devem ser pesquisadas e a ajuda médica torna-se imprescindível. Sendo assim, todos os exames complementares, como exames de sangue e endoscopias mostram resultados normais na SII.
   O exame físico dos pacientes com SII mostra alterações discretas, como dor à palpação abdominal e a constatação da distensão abdominal.
Como ocorre a Síndrome do Intestino Irritável?
   As causas da Síndrome do Intestino Irritável são desconhecidas, mas acredita-se que estejam associadas a aumento da sensibilidade intestinal e a alterações motoras do intestino. A ansiedade e o estresse psicossocial devem ser sempre lembrados, já que são eles que desencadeiam e mantém, na maior parte das vezes, os sintomas intestinais e abdominais.
   As alterações de sensibilidade intestinal (hipersensibilidade) caracterizam-se pelo surgimento da dor em cólica em condições em que a pressão intestinal aumenta, como na flatulência e na constipação. O que chama a atenção nos pacientes com SII é que a pressão que seria bem tolerada em uma pessoa sem a doença, causa um imenso desconforto e dor nos pacientes portadores desta enfermidade.
   Quanto às alterações motoras intestinais, estas se caracterizam pelo funcionamento anormalmente rápido ou lento do intestino. Quando o funcionamento intestinal é rápido, a diarréia é o sintoma preponderante, e quando lento, é a constipação que se faz presente.
Tratamento Não Medicamentoso
   O tratamento não medicamentoso é adequado para muitos pacientes, e deve ser mantido quando se opta pelo tratamento medicamentoso. A alteração no estilo de vida deve ser levada em consideração, já que o estresse e a ansiedade são os fatores que desencadeiam e mantém os sintomas intestinais. Neste aspecto, a realização de exercícios físicos também tem grande valor.
   O cuidado com a dieta é importante, e deve-se evitar alguns tipos de alimentos, como a cafeína em excesso, alimentos ricos em gordura, excesso de lactose (leite, queijo). Nos pacientes com constipação, deve-se estimular a dieta rica em fibras. Nos casos em que há distensão abdominal devido a gases intestinais, alimentos como feijão, lentilha, brócolis (não cozida) e couve-flor devem ser evitados.
   A utilização de suplementos de fibras é estimulada nos pacientes com SII, já que nestes casos, as fezes se tornam mais pastosas, e os movimentos intestinais são mais eficientes, com conseqüente evacuação menos traumática. Alguns estudos mostram que os suplementos de fibras trazem benefícios aos pacientes com constipação, mas podem piorar os sintomas em pacientes com diarréia.
   A psicoterapia é utilizada naqueles pacientes em que os fatores emocionais estão fortemente relacionados aos sintomas. Nos pacientes com diarréia e dor abdominal, a psicoterapia mostra bons resultados. Infelizmente, o mesmo não se observa nos pacientes com constipação.

Tratamento Medicamentoso
   O tratamento medicamentoso da Síndrome do Intestino Irritável inclui medidas que reduzam os sintomas relacionados à constipação e diarréia. Nos pacientes com constipação, o objetivo do tratamento é tornar a evacuação um evento sem traumas, o que reduziria a dor abdominal e a flatulência. Nos casos com diarréia, o objetivo é a redução da urgência evacuatória e da freqüência de evacuações.
   O tratamento da constipação consiste na utilização de fibras e de aceleradores do trânsito intestinal. Nos pacientes com diarréia, utiliza-se medicamentos anti-diarréicos. Deve-se lembrar que estes medicamentos só devem ser utilizados após a realização de um diagnóstico preciso da SII e prescritos por um médico especialista.
   Nos casos com cólica intestinal, o uso de medicação anti-espasmódica relaxa a musculatura intestinal, levado a diminuição do quadro doloroso. No entanto, deve-se lembrar que estes medicamentos são efetivos para a dor abdominal, mas apresentam pouco efeito em relação à diarréia e a constipação.
   Alguns pacientes se beneficiam do uso de antidepressivos em baixas doses, provavelmente devido à diminuição da sensibilidade intestinal. O uso de antidepressivos traz melhores resultados para pacientes com diarréia, já que um dos efeitos colaterais dos antidepressivos é causar constipação. O uso de antidepressivos é indicado principalmente nos casos em que a dor abdominal é proeminente ou quando outras terapias falharam.
http://www.drfernandovalerio.com.br/sindrome_intestino.htm
07/10/2007 22:38
De: Rosana (rosana.iizuka@zipmail.com.br)
IP: 189.0.199.84

SII

Em dezembro de 2006 tive uma crise forte de dores abdominais e constipação. Até sangramento com as feses eu tive. Após fazer uma série de exames, os médicos diagnosticaram a SII, e o sangramento, segundo exames foi por causa da constipação. Durante a crise utilisei um medicamento Chamado Motilium que fez com q melhorasse baastante, mas apareceram alguns efeitos colaterais e eu tive que parar de toma-lo. Segundo o médico, eu poderia parar de tomar medicamentos e ficar tranquila que controlando a alimentação e etc eu ficaria bem. Estou bem melhor, mas não existe um dia em que eu não sinta dores e uma pressão no reto como se quisesse evacuar, só que na maioria das vezes fazer isso ou é um bocado difícil ou eu simpçesmente não consigo. Se alguém puder me dar algumas dicas do que fazer para tornar a minha vida melhor, eu ficarei eternamente grata.
10/06/2014 20:22
De: GLADSTONE (splendor_sky_eyes@yahoo.com.br)
IP: 187.21.200.214

SII

Olá Silvania
Boa noite. Meu nome é Gladstone. Moro em Santos.
Passeando pela internet, deparei-me com mensagens de pessoa que sofrem de SII. Li a sua tambem; e, resolvi lhe escrever. O que há de melhor para aplacar o mal que tu tens, é a AUTOHEMOTERAPIA. Não deixes de tomar os remédios que o médico lhe passou, mas não deixes de usar esse incrível recurso, que tem livrado muita gente desse; e, de outros males. Pesquise, veja aí na internet, os depoimentos de pessoas que já usaram essa prática; e, se deram muito bem. Boa sorte.
11/08/2013 12:32
De: sweetli
IP: 2.80.50.152

Re: Sem diagnostico

Ola cristina... Eu tb tenho esse problema e ainda nao consegui resolver... é muito doloroso e extremamente embaraçoso.. bem farta disto...... Quem me dera poder ajudar te....
Seu IP: 3.215.183.251 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)