Espaço do Blog Direito e Saúde (www.direitoesaude.wordpress.com) para esclarecer dúvidas sobre planos de saúde, cobertura de procedimentos, prazos de carência, direitos do consumidor e muito mais.

Tags: saude obesidade cancer home carencia cobertura protese gastroplastia reajuste bariatrica convenio
30/07/2013 23:24
De: Carlos
IP: 186.204.132.83

Re: órteses

Gisele, Desculpe o incomodo, mas eu estou com o mesmo problema e com o mesmo Hospital.
Após 4 meses de uma intervenção cirúrgica estão cobrando a perneira e meia elástica antitrombo.
Como vc conseguiu resolver esse problema?
Muito obrigado,
Carlos
21/01/2013 00:38
De: RICHARD ALMEIDA
IP: 189.100.43.192

Rescisão e cancelamento no Plano Corporativo

Fui demitido sem justa causa depois de ter trabalhado um ano em uma empresa de telefonia,  no no ato da demissão em Julho de 2012 não fui notificado  que tinha direito a continuar com o plano odontológico.Dez dias após a demissão entrei em contato com a minha dentista para dar continuidade ao meu tratamento ortodôntico, para minha surpresa, fui informado pela sua secretária que meu plano havia sido cancelado. Ao tomar conhecimento da situação entrei em contato com a operadora que me confirmou o cancelamento, aleguei que eles não poderiam ter feito o cancelamento mesmo que a empresa solicitasse visto que não havia sido feito a notificação e nem formalizado por escrito como manda a RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 279, DE
24 DE NOVEMBRO DE 2011, segundo os Art. 4°,5°,10°,11°,12°.A operado informou que o cancelamento não era problema deles e sim dá empresa, ou seja, que eu teria que entrar em contato com a mesma para que fosse feito a "revalidação", ao falar com o Rh da empresa eles me informaram que não podia fazer nada visto que o plano já havia sido cancelado e que se eu quizesse deveria procurar os meus direitos. Diante dos fatos abrir uma "DEMANDA " ANS no dia 10/08/2012 e que até o momento não me deram uma resposta, possuo em mãos os protocolos de atendimento da operadora e da ANS e ainda para piorar a situção fui informado por "minha"
dentista que  terei que refazer todo tratamento. Cabe uma ação por danos morais?
21/05/2012 11:24
De: Luciano Brandão (lucianobrandao.adv@gmail.com)
IP: 201.1.156.53

Re: Protese de quadril

Alcides,
O médico pode apontar quais as especificações e características do material mais indicado para o seu caso evitando indicar expressamente a marca X ou Y.
Por outro lado, se o único produto que apresenta essas condições é a prótese de marca X, esta deverá
ser coberta pelo plano.
Havendo recusa, cabe medida judicial.
13/11/2012 10:56
De: Guillermo Romera
IP: 189.79.72.136

Rescisão e continuidade no Plano Corporativo

Bom dia.
Tenho uma situação "sui-generis":
1. Fui dispensado sem justa causa pela Empresa (Homologação em 30/09/2012 - portanto há mais de 30 dias), após quase 14 anos como empregado.
2. A Empresa está me mantendo no Plano de Saude Corporativo (subsidiado) por mais 3 meses (até Dezembro), como condescendencia - ou seja, ofocialmente não me desliguei do Plano de Saúde.
3. Na ocasião, a Empresa NÃO me comunicou por escrito a opção pela continuidade no Plano, para eu ficar a cargo do custo total, não subsidiado.
4. Liguei para a Seguradora e me informaram que, como estou no Plano Corporativo, quem tem que fazer a solicitação para eu continuar, pagando em vez da Empresa, é a própria Empresa, e nao eu, ao contrário do que determina a Lei e a Instrução Normativa.
5. Em 08/2009 a empresa mudou da operadora de seguro-saúde "PS" para a "SA" - ou seja, há pouco mais de 3 anos (39 meses, no caso).
Minhas dúvidas:
1. Quando expirar o "grace period" de 3 meses pela Empresa, o Plano de Saúde pode invocar a Lei para alegar que estou fora do prazo de 3o dias após a Homologação, para recusar a mudança ?
2. O que vale para o tempo de permanência (1/3) ?  Os 39 meses de Seguradora "SA" (= 13 meses) ou os quase 14 anos de contribuição para o seguro-saúde, com desconto em folha (= 24 meses) ?
3. O fato de ter ligado para a seguradora e ter aberto um protocolo com essa questão (de quem tem que pedir a mudança) , aliado ao fato da não-comunicação por parte da Empresa, podem efetivamente ajudar em algum questionamento ou petição futura ?
4. Aliás, quem realmente deve pedir a mudança, neste caso ?
Obrigado, desde já, pelas respostas
Guillermo A. Romera
18/11/2013 18:10
De: Rodrigo Azevedo
IP: 179.163.185.114

Re: órtseses

Estou passando por problema semelhante com a Unimed Sergipe. Gostaria de saber como foi resolvida a situação, no seu caso a unimed pagou?
28/03/2012 22:08
De: Luciano Brandão (lucianobrandao.adv@gmail.com)
IP: 201.26.86.196

Re: Home car

Olá Sandra.
A alegação de que o plano é básico e não contempla home care não dever ser aceito.
Antes de mais nada, você deve buscar providenciar um relatório médico que indique expressa e minuciosamente todos os cuidados que a paciente precisa (incluindo fisio e fono), e fazendo constar a indicação de que o tratamento deve ser em casa.
Com este documento em mãos, é possível ajuizar medida judicial para garantir o fornecimento do tratamento pelo plano.
Precisando de maiores orientações, estamos à disposição.
Abraços.
16/10/2011 01:56
De: Marcia
IP: 187.11.37.201

Home Care

    Doutor Boa noite
   Minha mãe teve o terceiro AVC Isquemico á 3 anos,desde então está acamada,não se movimenta,e a pouco tempo perdeu a fala. Eu trabalho para custear as despesas,minha irmã que cuida dela tem epilepsia (medo contante dela ter o ataque estando sozinha com minha mãe,visto que tem que coloca-la na cadeira de banho sozinha,vira-la na cama etc..). Falamos com o convênio pedindo Home Care,eles negaram por não estar no contrato. Não tenho condições de pagar uma pessoa particular. A 1 mês veio em casa fonoaudiologa( disse que não tem mais o que fazer e o convênio cancelou esta visita,ela cogitou a necessidade de usar sonda.) Se eles tivessem vindo desde que pedimos minha mãe talvez tivesse recuperado a fala. O fisioterapeuta por enquanto esta vindo. Com o Home Care haveria sempre infermeiro junto isso iria amenizar se caso minha irmã passasse mal,minhã mãe não ficaria desprotegida até eu chegar a noite. Não é questão de comodidade mas de necessidade.
 Até mesmo a noite revezamos para vira-lá de posição,isso tem evitado sair feridas. Quando falado a um enfermeiro que veio sobre Home-Care ele respondeu que convênio não fornecerá e queria nos dar 2 telefone : 1ªpara contratar esse serviço particular. 2ª de uma casa de repouso ( Essas duas sugestões estão fora de cogitação, não tenho dinheiro e nosso amor pela nossa mãe não inclui afasta-lá de nós (isso encaro como comodidade).Pago este convênio 16 anos,termos esse serviço facilitará aumentarmos para
ela qualidade de vida.Nem mesmo cama hospitalar eles fornecem,houve pomadas que pegamos no posto
de saúde,veio enfeira deste posto para visita-lá. O convênio não quer fornecer nem mesmo fraldas.
20/06/2012 09:16
De: REGIVALDA RABELO
IP: 189.81.49.55

Plano de saúde

Bom dia,
A empresa que trabalho está migrando de um plano de saúde para outro. Temos uma média 5 funcionários aposentados pela empresa e que continuam como funcionários ativos na mesma. eles tem em torno de 4 anos de empresa (porém se aposentaram aqui , uns por idade e outros por tempo de serviço) . Porém o novo plano se nega a ceitar a migração deles junto com os demais funcinários da empresa ! Alegando  idade avançanda  e o fato de já serem aposentados . Isso é legal? Gostaria de um respaudo legal que conteste essa afirmação deles, pois os funcionários continuam ativos na empresa por tempo indetermindado.
Grata,
Regivalda Rabelo
02/06/2012 00:41
De: EDMILSON PEREIRA
IP: 201.81.135.139

PLANO DE SAUDE PARA APOSENTADO

Sou aposentado, e continuo trabalhando na mesma empresa, contribuo com o plano de saude a mais de dez anos, e pretendo pedir  demissão do emprego.  Pelo fato de pedir demissão terei direito de manter o plano de saude?
Desde já agradeço a atenção dispensada
28/09/2012 16:23
De: Amanda Oliveira
IP: 189.2.104.68

Informações

Boa tarde Dr. Bandão, meu irmão sofreu um acidente tendo  um TCE e encontra-se acamado com seqüelas neurológicas  e paralisia  do lardo esquerdo sendo dependente de todas as atividades diárias, ele tem traqueostomia.e estenose total subglótca  No momento necessita de cuidados para realizar higienização, alimentação,  e Limpeza de cánula e aspiração.  fisioterapia e fono sou portadora de deficiência visual  e minha mão e idosa e ele vai morar na minha casa  precisar do serviço de home care no entanto eles só querem disponibilizar de técnico de enfermagem poe 6 hs gostaria de saber se posso pedir acompanhamento por 24 hs.
Obrigada
Seu IP: 18.207.254.88 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)