Espaço para a discussão sobre a AHT (AUTO-HEMOTERAPIA) e envio de relatos sobre experiências dos usuários desta técnica terapêutica. A AUTO-HEMOTERAPIA é uma técnica simples, em que, mediante a retirada de uma pequena quantidade de sangue da veia e sua imediata aplicação no músculo, estimula um aumento dos macrófagos, que são as células sangüíneas que fazem a "limpeza" de tudo o que é prejudicial no organismo, eliminando bactérias, vírus, as células cancerosas, etc. Esse aumento da produção de macrófagos pela medula óssea (de 5% para 22%) se deve ao fato de que o sangue injetado no músculo funciona como um "corpo estranho" a ser rejeitado pelo Sistema Retículo Endotelial (SRE), o que faz com que o nível imunológico se eleve, permanecendo ativado durante 5 dias, após os quais o percentual de macrófagos vai decaindo até o sétimo dia, retornando aos 5%. Com isso, inúmeras doenças, inclusive as graves como as auto-imunes, regridem rapidamente, proporcionando o restabelecimento da saúde. A AHT, entretanto, não representa nenhum risco para o paciente e não produz efeitos colaterais. Este fórum se destina primordialmente àqueles que já utilizam a AHT e não possuem mais dúvidas sobre sua eficácia, mas também admite a discussão séria e responsável sobre o assunto, tendo em vista o envio de orientações sobre os detalhes da técnica, tanto para os que já a utilizam, como para os que desejam passar a utilizá-la e querem se informar melhor sobre a mesma.

Tags: tratamento medicina sangue enfermagem autohemoterapia anvisa crm auto-hemoterapia coren cfm sus
11/08/2009 10:20
De: Helio Almeida Manfrinato Jr. (helio.manfrinato@gmail.com)
IP: 201.26.42.35

Hepatite C

Iniciei o tratamento com interferom e ribavirina. Sou praticante da ah por conta dessa doença e por uma alergia que tenho nas mãos, desidrose. Sobre a desidrose houve melhora que diria significativa e sobre a hetatite mantive uma qualidade de fígado que é considerada rasoavel ( F2) porem indicou tratamento.
Estou escrevenco porque temo que agora o propalado nível alto de macrófagos venha combater os medicamentos que estou usando. Há alguma informação que possamos obter e considerar?
Obrigaço
05/09/2008 13:51
De: OLIVARES
IP: 200.20.24.250

ESTÃO TORNANDO A AH INVISÍVEL NA INTERNET!!!

Estão promovendo verdadeira varredura contra a Ah no sentido de torná-la  invisível. Veja só um exemplo;
Na edição de MAIO da Revista dpo Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais, que trata do tema AUTO-HEMOTERAPIA foi tirado do Ar -  
http://jornal.crmmg.org.br/v2/capa/index.php?pagina=2
eles falavam:
AUTO-HEMOTERAPIA: DO BEM OU DO MAL?
CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
...
Heliana começou a utilizar o tratamento em si mesma e em seus familiares antes de indicar para seus pacientes. “Não faria uma coisa na qual não confiasse. É um método eficaz e, entre os meus pacientes que o usam, é unânime a satisfação. Duvido que algum deles queira parar o tratamento”, afirmou.
A ginecologista disse ainda que a polêmica criada em torno da auto-hemoterapia é semelhante às ocorridas em relação à fitoterapia e homeopatia, por exemplo.
“Essas também eram vistas com maus olhos antes de serem reconhecidas. Acho que é uma questão de tempo para que a Anvisa reavalie a importância da auto-hemoterapia”, disse.
O médico José Geraldo Lopes, especialista em acupuntura e homeopatia, disse que parou de prescrever a auto-hemoterapia recentemente, a partir de sua proibição. Ele trabalha na Policlínica Municipal de Ipatinga, no Vale do Aço, e receitava o método há um ano.
Segundo ele, os resultados obtidos foram “ótimos” nesse pequeno tempo. “É uma pena que a gente não possa continuar esse tratamento, que é tão eficiente e barato”, afirmou.
No último dia 9, a bancária Luciana Luna Fabri, 35, paciente de Lopes, foi obrigada a suspender seu tratamento de auto-hemoterapia contra dermatomiosite - doença do sistema conjuntivo, que inflama a pele, músculo e pulmão.
Ao chegar à Policlínica de Itabira, foi informada pela equipe de enfermagem que aquele procedimento havia sido suspensa, por tempo indeterminado, pela Secretaria Municipal de Saúde.
“Meu médico foi proibido de receitar esse procedimento e eu fui a mais prejudicada. A auto-hemoterapia aumentava minha resistência física, além de ser um tratamento muito mais acessível para as pessoas”, afirmou.
Desde que interrompeu as aplicações de sangue no músculo, Luciana voltou para o antigo procedimento com cortisona.
Arquiteta diz que manterá tratamento
Mesmo com a proibição do uso da auto-hemoterapia pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a arquiteta belo-horizontina Aline Candian, 30, não deixará de se submeter a essa prática.
Ela sofre de púrpura - doença auto- imune que ocasiona a baixa de plaquetas no sangue - e disse que depois que começou tal tratamento, sua qualidade de vida melhorou muito.
“Tentava de tudo e nada melhorava meu estado de saúde. Passei por vários tipos de tratamentos, convencionais, com cortisona e outros medicamentos, e alternativos, como homeopatia e cirurgia espiritual, mas só obtive resultado positivo com a auto-hemoterapia”, contou a arquiteta, que engordou 30 kg com o consumo de cortisona e recuperou o peso normal com a auto-hemoterapia.
Efeitos colaterais
Segundo Aline, além de não manter sua taxa de plaquetas em um nível sadio - entre 150 mil e 450 mil plaquetas no organismo, sendo que a sua estava em cerca de 10 mil - o tratamento alopático com os hematologistas gerava muitos efeitos colaterais.
Ganho de peso, queda de cabelo, erupções na pele do rosto e mau humor excessivo eram os que mais a incomodavam.
“Sei que a auto-hemoterapia não é reconhecida pelo Ministério da Saúde, mas confio plenamente na competência do médico que me trata. Não fui irresponsável de me tratar com qualquer pessoa. Escolhi um médico competente, que entende do assunto. Outra coisa da qual tenho certeza é que não sofri desse efeito placebo, que muitos falam. Se fosse o meu psicológico que influenciasse os resultados, outras terapias também teriam me ajudado”, afirmou ela, que, atualmente, tem a ajuda de uma enfermeira para fazer as aplicações de sangue.
FONTE:http://www.crmmg.org.br/Noticias/Saude/news_item.2007-05-07.4430276423
Solicitei para o Conselho Regional de Medicina de Minas, por e-mail este exemplar. Inicialmente me informaram que me enviariam hoje.
Qual não ofi minha surpresa ao receber outro e-mail, informando que A EDIÇÃO DE MAIO NÃO FOI PUBLICADA!!!
Vou continuar difundindo a AH, mas agora sem tantas provas conferíveis. Para o cético que toma conhecimento da AH por leigos como eu, acho que era importante ter como conferir os dados apresentados na internet... Agora como dizer para alguém que a revista foi banida, quando digo que era um referencial da eficácia da AH, por exemplo? É deste prejuízo que falo.
28/06/2014 01:51
De: Fetha
IP: 179.165.91.79

Auto-hemoterapia evita extração de próstata

Auto-hemoterapia evita extração de próstata:
Publicado por Marco Antonio Souza em:
http://www.facebook.com/autohemoterapiaTestemunhos
https://www.facebook.com/marcoantonio.souza.3705?fref=ufi
Quero deixar meu testemunho de cura. Nos ultimos 4 anos venho apresentando sangue no esperma e na urina, passei por uma dezena de urologistas e fiz todos os exames solicitados e tomei medicamentos diversos sem resultado positivo, Perante a recomendação medica de extrair minha prostata, decidi me submeter a auto hemo " que felicidade " com a primeiro 5ml de sangue percebi a redução de volume de sangue e após 4 aplicações semanais limpou todos os meus residuos líquidos. Não tenho cancer ou qualquer infecção. Conheço pessoalmente o Dr. Luiz Moura. " Felicidade "
Descurtir · Responder · 1 · há 12 horas
31/03/2008 07:44
De: Walter Medeiros (walterm.nat@terra.com.br)
IP: 200.142.188.135

Explicações sobre a auto-hemoterapia

Um amigo jornalista pede que eu explique o que é auto-hemoterapia, esta forma de cura que está sendo divulgada pelo Dr. Luiz Moura. Para oferecer esta resposta, recorro ao próprio Dr. Luiz Moura, através do DVD que trata do assunto, no qual ele define auto-hemoterapia como “uma técnica simples, em que, mediante a retirada de sangue da veia e a aplicação no músculo, ela estimula um aumento dos macrófagos (...), elementos que fazem a limpeza de tudo, eliminam as bactérias, os vírus, as células cancerosas - que se chamam neoplásicas.”
Segundo Dr. Moura, com a auto-hemoterapia “essa ativação máxima só termina no fim de cinco dias. A taxa normal (de macrófagos) é de 5% no sangue e com a auto-hemoterapia nós elevamos esta taxa para 22% durante 5 dias”. Explica que “Do 5º ao 7º dia começa a declinar, porque o sangue está terminando no músculo, e quando termina ela volta aos 5%, daí a razão da técnica determinar que deva ser repetida, de 7 em 7 dias.  
Trata-se de um método de custo baixíssimo, pois basta uma seringa, e pode ser feito em qualquer lugar, simplesmente porque o sangue é tirado no momento em que é aplicado no paciente, precisando apenas de uma pessoa que saiba pegar uma veia e dar uma injeção no músculo, mais nada. Ele assegura que “resulta num estímulo imunológico poderosíssimo”. Opina que “é uma coisa que poderia ser divulgada e usada em todas as camadas da população sem nenhum problema, essa é que é a grande vantagem”.
Polêmica
A auto-hemoterapia vem sendo utilizada há mais de cem anos, com resultados surpreendentes. Além de ter sido objeto de muitos trabalhos científicos, a técnica já foi utilizada em animais, em grupos humanos e é usada regularmente em muitos serviços de saúde ou por particulares. É anterior inclusive a muitas outras especialidades médicas, como a homeopatia e acupuntura. Aliás, é anterior até mesmo ao Ministério da Saúde e ao Conselho Federal de Medicina, que acaba de completar 50 anos.
Há cerca de três anos a divulgação da auto-hemoterapia começou a ter um impulso maior, em vista da gravação e distribuição em todo o Brasil de um DVD pelo Dr. Luiz Moura apresentando explicações importantes. Em abril de 2007 o FANTÁSTICO apresentou matéria sobre o assunto, deixando à mostra a intenção de denegrir a técnica, através de participações lamentáveis de dirigentes de entidades da área de saúde. Havia pouco tempo que o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro tentara desclassificar a prática, através de um parecer cheio de falhas.
Em seguida à matéria, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA resolveu emitir um documento classificando a auto-hemoterapia como ilegal, embora não exista nenhuma lei que a proíba. A base seria uma resolução do CFM, que dubiamente permite outras práticas que considera ainda não comprovadas cientificamente. Também o CFM emitiu um parecer, publicado em dezembro de 2007, considerando a auto-hemoterapia como técnica sem comprovação científica, mas o próprio parecer é completamente enviesado, motivo pelo qual não merece crédito. Tanto que a própria ANVISA resolveu ouvir outros setores para poder adotar um posicionamento definitivo.
Médicos
Enquanto os conselhos de medicina agem de forma atapalhada, muitos médicos estão sugerindo e exigindo a realização de estudos e pesquisas para comprovar a eficácia da auto-hemoerapia. Já se pronunciaram, entre outros, os Drs. Alex Botsaris(RJ); Francisco Rodrigues, Tarcísio Gurgel Eliel Sousa(RN); Júlio Bandeira (PB); Marcus Mac-Ginity (BA) e Ronaldo João (MG).
Além disso, a necessidade de avaliar mais precisamente o uso de uma técnica alternativa de tratamento no Brasil levou o site Orientações Médicas a promover a primeira pesquisa virtual de sobre Auto-hemoterapia. A pesquisa, que está na Internet desde o dia 9 deste mês, é destinada somente para pessoas que fazem ou já fizeram aplicações de Auto-hemoterapia durante um período mínimo de um mês. Já responderam ao questionário cerca de 130 pessoas.
Por outro lado, um grupo de defensores da auto-hemoterapia, formado por pessoas que defendem o Direito de continuar o tratamento, entre eles pesquisadores, médicos, enfermeiros e terapeutas que se sentem ceifados em suas pesquisas e atendimentos, com a proibição da auto-hemoterapia, fez um abaixo-assinado e estão sendo coletadas assinaturas para levar ao Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva e ao Ministro da Saúde, José Gomes Temporão.
Para se informar ou participar de discussões sobre o assunto existe agora este fórum: AUTOHEMO (auto-hemoterapia) (http://inforum.insite.com.br/66763/) . Se a pessoa já fez ou está fazendo AHT, pode relatar os resultados, pois a divulgação dessas experiências irá tornar esse tratamento mais confiável, já que a AH é muito criticada por médicos tradicionais. Apesar de todas as provas, eles ainda dizem que faltariam resultados consistentes e pesquisas cientificas.
14/11/2011 11:04
De: YDNALO PINTO TAVARES
IP: 187.126.131.119

Re: Auto-hemoterapia

Por favor preciso de indicação sobre quem aplica a auto-hemo em Macaé - RJ, meu irmão tá precisando muito... Eu moro em Nova Iguaçu, e já faço o uso a mais de 2 anos...
Por favor, me ajudem..
Grande Abraço.
Ydnalo.
12/12/2008 13:14
De: Olivares
IP: 200.20.24.250

Profissionais da toas as áreas da Medicina- enfermeiros e auxiliares de fazer e médicos de receitar - estão sim proibidos de receitar a AH!!!

Boa tarde.
Pelo que me consta há lei proibindo sim que médicos prescrevam ou mesmo propagandeiem a AH como tereapêutica.
As normas e  a lei sobre a matéria são bem claras. Mas como bem disso nosso forista, o leigo, o não profissional da área médica, pode sim e deve por questões de humanidade, divulgar que pratica a AH!!!
Não há lei que nos impeça de fazermos de nosso corpo o que bem entendermos...
Podemos nos mutilar, arrancar dentes, bifurcar nossa lingua (que bizarro) que ninguém poderá nos proibir!!!
Aí, o leigo, o que não exerce profissão na área médica pode afirmar que faz a Ah a quem bem enteder!
Mas não pode afirmar que faz em outra pessoa, pois estará sujeito à processo por exercício ilegal de medicina!!!
Fazer em sí, ou anonimamente em casa entre amigos e parentes, sem denunciar o aplicador, não há problemas...
Observem as normas de higiene, assepsia e técnicas para proceder a AH com segurança, evitando complicações advindas da má extração de sangue ou má injeção muscular!!!
Particularmente, para fugir da dificuldade em achar quem o faça, mas que fosse profissional gabaritado e não os aproveitadores de plantão, APRENDI a fazer com um enfermeiro parente, apto, capacitado ecom experiência!!!
19/12/2011 15:02
De: M.Fetha
IP: 189.63.218.77

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos... Parte 84 - (LXXXIV)

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos...
Parte 84 - (LXXXIV)
Dr. Luiz Moura, num DVD, afirma: "a auto-hemoterapia era e é praticada em seres humanos". (a). Dr. Luiz Moura, num DVD, afirma: "a auto-hemoterapia é também usada em veterinária". Dr. Osvaldo A. Eckell, num LIVRO, afirma: "a auto-hemoterapia é um método de tratamento em veterinária". (b) - página 26. Dr. Munir Massud, num PARECER, afirma: "pior ainda, como distinguir efeito placebo de efeito de terapia...? (c) - página 16.
"Frase" do dia: "Eu tenho um coelho, com espírito de cobaia, primo de um bode, que é irmão de uma cobra, e que sofre de síndrome do pânico". Placebo nele... Os demais bichos, estão apenas gripados, com perebas e com verminoses. Eles não querem placebo. Após rigorosos testes científicos, minuciosos exames físicos e principalmente depois de prolongadada anamnese, - com os três animaiszinhos, naturalmente - prescrevemos para os três pobres enfermos uma Transcranial Magnetic Stimulation - TMS. A Sociedade Protetora dos Animais aprovou a iniciativa científica e filantrópica.
No nosso admirável "mundo novo" existe o misterioso mundo dos bichos. Ainda bem que os bichos não participam da política e nem lidam com dinheiro. "In anima nobili" sim. Os banqueiros, as transnacionais, e a indústria farmacêutica também sim. O problema da auto-hemoterapia é dinheiro. Muito dinheiro. Bilhões ou trilhões de dólares. E dinheiro muitas vezes fala muito alto. Não existem comprovações científicas? Que se façam pesquisas científicas. Para tanto, estão aí os animais. Argumenta o parecerista que o trabalho do Dr. Jésse Teixeira não tem valor científico por ser muito desatualizado? É só atualizá-lo. Além do que, tem sim um certo valor científico. Os animais, sobretudo os mamíferos, possuem mama (daí o nome), sangue, músculos, ossos, veias, timo, coração, pulmões, medula óssea, etc., inclusive macrófagos. Mas, não têm a racionalidade. São irracionais. Dramaticidade? Emoções? Efeito Placebo? Isso não existe entre os bichinhos.
Em seu parecer, o Dr. Munir Massud acrescenta: "...e nada há, além de indícios, casos isolados narrados com dramaticidade...". (c) - página 18. Narrados com dramaticidade por quem? Por pessoas! Faz sentido. Mas, narrados com dramaticidade por vacas e cavalos? Não faz sentido. O ilustre Dr. Munir Massud, preocupando-se demasiadamente - não se sabe exatamente o porquê - com o uso da auto-hemoterapia em seres humanos, esqueceu-se do uso da auto-hemoterapia em animais. No parecer dele não existem comentários sobre a medicina veterinária, na qual não existe o chamado efeito placebo.
O parecer do médico Munir Massud, que é o parecer do CFM, não só deixa margem a dúvidas, como também é incompleto. Em decorrência do enorme valor da terapia complementar em questão (auto-hemoterapia), por envolver a saúde a a vida de milhões de pessoas, - sem esquecer a questão financeira - deveria ser mais aprofundado. Por exemplo, suas referências abrangem um universo muito limitado, muito pequeno.
A medicina veterinária busca a saúde animal e pública por meio de estudos, diagnósticos e tratamentos.
Afirmar num parecer oficial que os sucessos nos casos de auto-hemoterapia é devido ao efeito placebo é, no mínimo, uma deselegância com os médicos veterinários, que também estudaram e estudam anatomia, biologia, biotecnologia, epidemiologia, fisiologia, genética, microbiologia, patologia comparada (animal e humana), etc. O próprio Dr. Osvaldo A. Eckell, por exemplo, autor de um livro sobre veterinária, era Professor de Patologia Médica de uma importante Universidade da Argentina. O parecer, agora, não é só duvidoso e incompleto. O parecer é insustentável.
Se as pesquisas científicas com a auto-hemoterapia estão "proibidas" em seres humanos, pelos menos que elas sejam realizadas em animais de laboratório. Neste particular, o parecer não comenta absolutamente nada. Não sugere coisa alguma. Silêncio, silêncio e silêncio. Silêncio total. O silêncio chega a ser ensurdecedor. Aliás, é um silêncio mortal.
Hoje, em relação à auto-hemoterapia, podemos afirmar com muita segurança, baseado em nossos estudos, 4 (quatro) coisas: 1ª - A auto-hemoterapia é um procedimento simples. 2ª - A auto-hemoterapia é barata (custo baixíssimo). 3ª - A auto-hemoterapia é absolutamente inofensiva (desde que seja corretamente aplicada). 4ª - Na auto-hemoterapia NÃO EXISTE O EFEITO PLACEBO. Resumo do resumo: a auto-hemoterapia é simples, barata, inofensiva e NÃO TEM EFEITO PLACEBO.
Então, não existindo o efeito placebo, qual o fenômeno que pode explicar a melhora das pessoas que fazem a auto-hemoterapia? Segundo nossos estudos, são dois fenômenos muito conhecidos na biologia e na medicina, principalmente: a DIAPEDESE e a FAGOCITOSE. Por quê? Pedindo mil desculpas aos leitores, responderemos à esta indagação oportunamente. O que podemos adiantar e afirmar com muita convicção, é que estes dois fenômenos - DIAPEDESE e FAGOCITOSE - estão intrinsecamente ligados à IMUNOLOGIA.
No parecer do Dr. Munir Massud, os dois vocábulos - DIAPEDESE E FAGOCITOSE - não são citados, nem existe a mínima explanação sobre IMUNOLOGIA. Fica então muito difícil acreditar no valor científico de um parecer que, afirma que a auto-hemoterapia é devida ao EFEITO PLACEBO - o que não é - que não faz menção à MEDICINA VETERINÁRIA - que usava e ainda usa a AUTO-HEMOTERAPIA - e que omite tais fenômenos (DIAPEDESE E FAGOCITOSE), amplamente estudados, pesquisados, e científicamente reconhecidos pela biologia e pela medicina.
O parecerista, talvez julgando-se ser o dono absoluto da VERDADE e talvez julgando-se ser o dono da CIÊNCIA, conscientemente ou inconscientemente, tentou pisotear a HISTÓRIA DA AUTO-HEMOTERAPIA, atropelou a história da MEDICINA, não fez caso da MEDICINA VETERINÁRIA, e, achando pouco, escamoteou a IMUNOLOGIA. Puxa VIDA...
No momento estamos interessados na gênese da auto-hemoterapia e, para tanto, o LIVRO "Veterinária Prática", do Dr. Osvaldo A. Eckell, trouxe-nos uma valiosa contribuição. É o que veremos no próximo artigo.
Finalmente, ponto para o Dr. Osvaldo A. Eckell, e MAIS UM PONTO PARA O DR. LUIZ MOURA.
Alô leitores musicais! Estamos em greve - O maestro, a orquestra e a música...
Bem amigos da rede AHT. Estamos ligados em vocês. Se Deus nos permitir voltaremos outro dia. Desejamos a todos muita saúde, muito dinheiro, muitas amizades, muitas felicidades, muita paz, pensamento positivo, boas conversas, boa auto-hemoterapia, bons macrófagos, ótima visão, boa leitura e bom dia. FELIZ NATAL e PRÓSPERO ANO NOVO.
Aracaju, 17 de dezembro de 2011.
Jorge Martins Cardoso - Médico - CRM 573.
Fontes: (a) - DVD/2004 - Créditos do vídeo. Entrevistado: Dr. LUIZ MOURA (Médico). Câmeras: Lincoln Caldas e Francisco Carlos Ramos Fernandes. Sonatas: Mozart. Interpretação: Adelaide Moritz. Agradecimentos: Dra. VERA MOURA (Farmacêutica) e Regina Rodrigues Chaves. Edição: Fernando Marcolini. Roteiro, produção e direção: Ana Martinez e Luiz Fernando Sarmento. (Duração: 2 horas e 37 minutos). (b) - LIVRO/1951 - Dr. OSVALDO A. ECKELL (Tenente Coronel Veterinário) - Professor Titular de Patologia Médica e Conselheiro Diretor da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Nacional de La Plata. Acadêmico de número da Academia Nacional de Agronomia e Veterinária. - 2ª Edição - Livraria "El Ateneo" Editorial - 340 - Florida - 344 - Buenos Aires - 1951 - Página 26. - (671 páginas). (c) - PARECER/2007 - Dr. MUNIR MASSUD (Médico, relator) - Auto-hemoterapia - Interessado: Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA - Parecer CFM nº 12/2007 na íntegra (26 de outubro de 2007) - Páginas 16 e 18 - (35 páginas).
26/03/2011 04:32
De: MFetha
IP: 189.123.97.221

Vídeo: Especialista reconhece a Auto-hemoterapia. Dr. Paulo Guataçara da Costa Lima (médico veterinário)

Vídeo: Especialista reconhece a Auto-hemoterapia. Dr. Paulo Guataçara da Costa Lima (médico veterinário).
http://www.youtube.com/watch?v=cr7hGXWpi-Y
Segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008 - 09:25:44
   Sou médico veterinário, e tenho 19 anos de profissão. Por inúmeras vezes pratiquei auto-hemoterapia principalmente em bovinos, e em especial nos casos de papilomatose viral com excelentes resultados. Também tive resultados satisfatórios em casos de cinomose canina, sarnas, com a aplicação desta técnica.Sempre trabalhei com pequenos produtores rurais, sem dinheiro para bancarem os tratamentos tradicionais da alopatia veterinária. Em razão disto sempre procurei utilizar técnicas de baixo-custo para atender a necessidade clínica dos animais dos pequenos proprietários, e concordo quando o Dr. Luís Moura chama a atenção das autoridades sobre o baixo custo e beneficios da auto-hemoterapia. Também imagino que lamentavelmente o Dr Luís deve estar sofrendo inúmeras críticas por estar divulgando uma técnica que não interessa a nenhum laboratório farmacêutico que influenciam e financiam inúmeros professores e pesquisadores que acabam ditando o que e certo ou errado para uma legião de alunos e profissionais, que sem ter senso crítico, acabam acatando a opinião destes. Outra fantastica terapia de baixo custo é o uso do peróxido de hidrogênio (água oxigenada), e influenciado pela publicação dos Drs Roberto C. Leite e Francisco H. F. Azevedo, venho utilizando aplicações intravenosas para o tratamento de algumas infecções com ótimos resultados, e recentemente recuperamos um bezerro com quadro clínico de têtano, com paralesia de membros e endurecimento muscular da cabeça e pescoço. Esta técnica tem inúmeros trabalhos publicados mas não vemos o seu uso rotineiro, e confesso que na minha graduação este assunto sequer foi tocado, e por ser de baixo custo, não interessa a quase ninguém, como o caso da auto-hemoterapia, nem mesmo as autoridades sanitárias brasileiras, infelizmente preferindo deixar inúmeras pessoas a mercê da própria sorte nas filas do SUS.
Paulo Guataçara da Costa Lima
Garuva-SC
FONTE:http://www.orientacoesmedicas.com.br/opiniao_integra.asp?cdg=651&u=11
-
Autohemoterapia: uma imunização com o nosso próprio sangue
http://www.hemoterapia.org/
http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm
05/01/2013 15:03
De: Diva (divagomes30@yahoo.com)
IP: 177.5.199.184

Autohemoterapia do Brasil para o planeta

http://www.facebook.com/groups/lusofons/
http://www.facebook.com/groups/lusofons/doc/182080688506758/
Esse grupo aberto tem a finalidade de divulgar a auto hemoterapia uma tecnica que tem a maior eficacia para doenças cronicas , autoimunes, alergicas, em torno de 98% a custo praticamente zero . Pois o remedio é o nosso proprio sangue ;http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-1.htm    ;
http://amigosdacura.ning.com/profile/DivaGomesdeSa
27/09/2011 16:41
De: M.Fetha
IP: 189.5.196.41

Auto-hemoterapia. Impressionante melhora em CASO DE LINFEDEMA. Veja as fotos de Maria De Fátima Santana.

Auto-hemoterapia. Impressionante melhora em CASO DE LINFEDEMA. Veja as fotos de Maria De Fátima Santana.
http://www.youtube.com/watch?v=ojCB52jRg0s
Por colherem benefícios muitos defensores empenham-se na divulgação da auto-hemoterapia.
A sra. DIVA GOMES que foi curada de H. Pylori(*) e obteve outros benefícios com a auto-hemoterapia, participa ativamente de muitos sites sobre, e mantém também os seus próprios sites.
(*) Auto-hemoterapia elimina Helicobacter pylori (H. pylori):
http://www.youtube.com/watch?v=CMiTfdidT6A
Em conversa online com a sra. Fátima, DIVA conseguiu um excelente testemunho, com registro fotográfico, que comprova a eficácia da AHT.
VEJA o diálogo abaixo:
Oi Diva...
Acho que por essas fotos, dá pra vc ver a diferença entre 11 meses atráz...
bjos
-
Essa é a diferença depois do uso da autohemoterapia pela Maria de Fatima Santana:
graças a Deus td bem sim
dx te falar uma coisa...
faço hemoterapia desde 14.09.2010...
tenho linfaedema... médicos já me disseram que não tem cura... só tratamento constante mas desde a semana passada, tipo sexta feira, estou notando um desinchasso em minhas pernas..
não me canso de alisá-las (pode parecer bobeira)...rsrs
Maria De Fátima Santana:
mas fico alisando e agradecendo a Deus por isso estar acontecendo. Hj mesmo a enfermeira veio fazer a aplicação pra mim, e logo na entrada ela notou a diferença...ela apertava e dizia "kd o inchasso daqui, daqui tb.,.."
acho q caiu aqui.
Divagomessa Gomes Sa:
Essa doença incha muito?
Maria De Fátima Santana:
mto.
eu gostaria de postar uma foto para que pessoas pudessem ver o resultado...onde posso ver isso?
Saude em alta:
http://saudeemalta.blogspot.com/2011/09/diferenca.html
-
Os defensores da auto-hemoterapia agradecem a DIVA GOMES, pela sua atuação constante em prol da auto-hemoterapia.
E também a senhora Maria de Fátima, pela divulgação de suas fotos, que são mais uma prova inequívoca, da eficácia da auto-hemoterapia.
Que Deus as abençoe.
-
Lembre-se que contra fatos e fotos não há argumentos!
Então sua ajuda é muito IMPORTANTE!
Faça sua parte, divulgando seu testemunho. Muitas pessoas já fizeram. Divulgue seus laudos, exames, fotos e outros documentos, mostrando de maneira clara, que a auto-hemoterapia é eficaz e muito benéfica!
-
ENDEREÇOS DESTE TESTEMUNHO:
HTML:
http://www.geocities.ws/autohemoterapiabr/autohemoterapia_linfedema.htm http://autohemoterapia.fortunecity.com/autohemoterapia_linfedema.htm http://autohemoterapia.orgfree.com/autohemoterapia_linfedema.htm PDF:
http://www.geocities.ws/autohemoterapiabr/autohemoterapia_linfedema.pdf http://autohemoterapia.orgfree.com/autohemoterapia_linfedema.pdf -
AUTO-HEMOTERAPIA. MEU SANGUE ME CURA.

http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm

http://www.hemoterapia.org/
http://amigosdacura.ning.com/
http://www.youtube.com/worldautohemotherapy
http://pdfcast.org/profile/marcelo%20fetha
31/01/2011 09:41
De: Dom Felix
IP: 189.93.142.136

Eu faço uso da Auto hemoterapia

Faz mais ou menos 2 anos que faço a auto hemo, me sinto bem disposto, minha glicemia está regularizada, sem falar que me sinto muito bem de saúde com 79 anos....É muito bom a população ficar sabendo que a cura está dentro dela e que os laboratórios não quer que você saiba, por que eles não lucram nada com isso.
Seu IP: 54.226.179.247 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)