Espaço para a discussão sobre a AHT (AUTO-HEMOTERAPIA) e envio de relatos sobre experiências dos usuários desta técnica terapêutica. A AUTO-HEMOTERAPIA é uma técnica simples, em que, mediante a retirada de uma pequena quantidade de sangue da veia e sua imediata aplicação no músculo, estimula um aumento dos macrófagos, que são as células sangüíneas que fazem a "limpeza" de tudo o que é prejudicial no organismo, eliminando bactérias, vírus, as células cancerosas, etc. Esse aumento da produção de macrófagos pela medula óssea (de 5% para 22%) se deve ao fato de que o sangue injetado no músculo funciona como um "corpo estranho" a ser rejeitado pelo Sistema Retículo Endotelial (SRE), o que faz com que o nível imunológico se eleve, permanecendo ativado durante 5 dias, após os quais o percentual de macrófagos vai decaindo até o sétimo dia, retornando aos 5%. Com isso, inúmeras doenças, inclusive as graves como as auto-imunes, regridem rapidamente, proporcionando o restabelecimento da saúde. A AHT, entretanto, não representa nenhum risco para o paciente e não produz efeitos colaterais. Este fórum se destina primordialmente àqueles que já utilizam a AHT e não possuem mais dúvidas sobre sua eficácia, mas também admite a discussão séria e responsável sobre o assunto, tendo em vista o envio de orientações sobre os detalhes da técnica, tanto para os que já a utilizam, como para os que desejam passar a utilizá-la e querem se informar melhor sobre a mesma.

Tags: tratamento medicina sangue enfermagem autohemoterapia anvisa crm auto-hemoterapia coren cfm sus
27/03/2010 14:19
De: Walter Medeiros (waltermedeiros@supercabo.com.br)
IP: 187.111.252.232

Cisto no joelho

O sonoplasta rádio 98 Fm, Gilvan Santos (49), é outro exemplo clássico e bem sucedido de Autohemoterapia. Há um ano descobriu um cisto no joelho. Andava com dificuldade. Bem acima do peso e precisando urgentemente praticar uma atividade física. Foi apresentado a Autohemoterapia pelo patrão e empresário Felinto Rodrigues Neto. Em três meses a dor desapareceu e pôde voltar a se exercitar. Hoje, com dez quilos a menos, se considera um atleta de alto rendimento graças a injeção do sangue. Até os problemas de pressão alta desapareceram. “Não dou ouvido aos comentários negativos sobre o tratamento. O que me interessa é o resultado e eu sou a prova viva de que a Autohemoterapia realmente funciona”, diz ele.
30/03/2008 01:12
De: OLIVARES
IP: 172.16.50.112, 201.12.41.220

Compilação sobre a AH na internet à disposição...

Boa noite. Sr. Administrador, seria possível e de interesse disponibilizar neste fórum todo o material que juntei e distribuo em formato de livreto?
Se concordar, enviarei a última versão, atualizada com dados sobre o uso de sangue para coleta de células-tronco, dica de nossa querida amiga Karlak...
Junta vai a transcrição da entrevista do Dr. Moura revisada pelo próprio...
Gostaria de pedir a todos que forneçam referências bibliográficas, reportagens  ou qualquer informação disponível para que possa juntar neste singelo compêndio...
Um abraço.
02/08/2013 23:59
De: Fetha
IP: 177.111.154.49

Auto-hemoterapia melhora imediata em caso de alergia

Luiz Augusto Schab: 8 horas atrás
Olá sou novo no site, gostaria de deixar meu relato : Tenho uma dermatite crônica e alergia a várias coisas, vários tipos de alimentos,também, pó ,mofo, pimenta, pelo de cachorro, meu própio pelo, carne de porco,ácaro..etc
Sei que alergia não tem cura , apenas vacinas para amenisar a situação.Usei por muitos e muitos anos pomadas a base de corticoides e uma injeção que quase me matou, fiquei com o dobro do meu peso , comia e bebia o dobro , pois todos os órgãos ficam inchados. Fui num dermatologista em Curitiba, considerado um dos melhores do Brasil. Ele disse que mais algumas doses daquela injeção e um teria um infarto . Pois bem..parei de ir a Curitiba pois o custo era alto e o transtorno também, desde então fiquei anos e anos usando as pomadas a base de corticóides que faziam menos mal. Mas isso me trouxe sérios problemas também devido ao uso prolongado, como, crescimento de pelos mais que o normal, pele ressecada, estrias, dermatites...etc. Enfim, procurando algum paleativo ou até mesmo a cura na internet, encontrei uma pessoa dizendo sobre um creme de uma marca famosa e no final ele diziz pra pessoa também pesquisar sobre a auto-hemoterapia. Fiquei curioso e também ja no meu desespero pesquisei correndo tudo . Li muito sobre a técnica, fico muito grato pelo Dr. Luis Moura e outras pessoas que relataram a eficiência da AHT. Posso estar me precipitando mas ...Comecei minha aplicação ontem dia 01-08-2013 e hoje dia 02 ja não tenho mais nenhum sinal de alergia ou dermatite. Todos os dias após o banho eu era escravo das minhas inseparáveis pomadas e após o primeiro banho depois da primeira aplicação não passei nada só pra ver o meu sofrimento, e pra minha surpresa não estou com nenhum sinal de alrgia ou dermatite. Viva a auto-hemoterapia, continuarei com as aplicações....obs:
cada pomada custa em média 25,00 a 30,00, o custo da aplicação foi 4,50. Estou muito feliz e sem minhas coceiras irritantes.
http://amigosdacura.ning.com/forum/topics/autohemoterapia-depoimentos-de?
commentId=4269704%3AComment%3A249518&xg_source=activity
28/01/2011 09:43
De: Walter B. Medeiros (waltermedeiros@supercabo.com.br)
IP: 187.111.252.232

Ministro fala sobre auto-hemoterapia no Twitter

O Ministério da Saúde, através do Twitter, apresenta publicamente mais uma vez uma conclusão precipitada, que sempre se baseou num parecer superficial do Conselho Federal de Medicina - CFM, segundo o qual “A auto-hemoterapia não é considerada um procedimento hemoterápico pela comunidade científica...”, acrescentando: “... e, portanto o MS não reconhece este procedimento”.
O ministro Alexandre Padilha perde a oportunidade de tratar do assunto com a ótica da sociedade, que precisa de uma resposta para os seus problemas de saúde e acredita que esta resposta pode estar na auto-hemoterapia. Mesmo não tendo ainda o alegado reconhecimento da comunidade científica, até hoje ninguém foi capaz de afirmar com seriedade que a auto-hemoterapia não funcionaria. Ao contrário: todas as evidências apontam para comprovar que ela é capaz de curar ou ajudar na cura de inúmeras doenças, de acne a câncer.
Diariamente vemos casos que surgem numa progressão imensa, de pessoas que conseguem resolver sérios problemas de doença com o uso da auto-hemoterapia, uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos e mais recentemente foi difundida através de um DVD gravado pelo Dr. Luiz Moura, do Rio de Janeiro.
Além de mostrarmos no twitter que o "MS baseia-se em parecer superficial do CFM para não reconhecer o procedimento”, opinamos que o “MS devia abrir discussão, pois Auto-hemoterapia pode vir a beneficiar usuários do SUS” e sugerimos aos participantes que "Para saber mais sobre Auto-hemoterapia: http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia”. Essa discussão oficial é urgente. Alegar apenas que não seria procedimento hemoterápico é a mesma coisa que querer tapar o sol com a peneira.
27/11/2009 15:00
De: Rita
IP: 200.158.71.84

Gravidez

Olá, não faço uso da hemoterapia, pois quero engravidar posteriormente, e tenho receio quanto a algum risco, pra mim ou pro bebe. não tenho até o momento nenhuma doença e gostaria de fazer uso do procedimento. como devo fazer? qual a quantidade de sangue ideal? sou do tipo O -. obrigada. aguardo respostas.
31/08/2012 14:21
De: Evaristo Sobrinho
IP: 189.124.217.47

Vontade da pessoa enferma

DOENTE PODE OPTAR POR TRATAMENTO COM AUTO-HEMOTERAPIA
--- Walter Medeiros* – waltermedeiros@supercabo.com.br
Um paciente pode deixar escrito que, em estado terminal, se os médicos afirmarem que a medicina convencional nada mais pode fazer para restabelecer sua saúde, deseja que lhe seja aplicada a técnica chamada auto-hemoterapia. Em vista de inúmeros relatos que se somam a cada dia no mundo inteiro, inclusive em pesquisas na internet, é muito provável que a terapia faça com que o enfermo seja reanimado e supere seu estado de morbidade.
Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos.
Esta situação pode ocorrer, tendo em vista que o Conselho Federal de Medicina afirma que os pacientes poderão registrar em prontuário a quais procedimentos querem ser submetidos. Trata-se do que chamam de “diretiva antecipada de vontade”, considerada um avanço na relação médico-paciente pelo presidente do CFM, Roberto Luiz d’Avila. São casos clínicos nos quais, para a chamada medicina baseada em evidências, não exista qualquer possibilidade de recuperação.
O assunto é tema de nova Resolução do Conselho Federal de Medicina, a Resolução nº 1.995/2012, que considera, entre outras coisas, “a atual relevância da questão da autonomia do paciente no contexto da relação médico-paciente, bem como sua interface com as diretivas antecipadas de vontade”. A resolução define “diretivas antecipadas de vontade” como “o conjunto de desejos, prévia e expressamente manifestados pelo paciente, sobre cuidados e tratamentos que quer, ou não, receber no momento em que estiver incapacitado de expressar, livre e autonomamente, sua vontade.”
Segundo o documento, “Nas decisões sobre cuidados e tratamentos de pacientes que se encontram incapazes de comunicar-se, ou de expressar de maneira livre e independente suas vontades, o médico levará em consideração suas diretivas antecipadas de vontade.”. Prevê ainda que “O médico registrará, no prontuário, as diretivas antecipadas de vontade que lhes foram diretamente comunicadas pelo paciente.”.
A exposição de motivos da nova resolução considera, por um lado, que o tema diretivas antecipadas de vontade situa-se no âmbito da autonomia do paciente e, por outro, que este conceito não foi inserido no Código de Ética Médica brasileiro recentemente aprovado, daí entender oportuno, neste momento, encaminhar ao Conselho Federal de Medicina as justificativas de elaboração e a sugestão redacional de uma resolução regulamentando o assunto.
Contém ainda as sugestões colhidas durante o I Encontro Nacional dos Conselhos de Medicina de 2012 e apresenta como justificativas as dificuldade de comunicação do paciente em fim de vida e a receptividade dos médicos às diretivas antecipadas de vontade. Mostra que pesquisas internacionais apontam que aproximadamente 90% dos médicos atenderiam às vontades antecipadas do paciente no momento em que este se encontre incapaz para participar da decisão. Todos os resultados sinalizam também para a ampla aceitação das vontades antecipadas do paciente por parte dos médicos brasileiros.
A exposição de motivos fala ainda sobre a receptividade dos pacientes e idêntica orientação constante dos códigos de ética da Espanha, Itália e Portugal. Os três códigos inseriram, de forma simplificada, o dever de o médico respeitar as diretivas antecipadas do paciente, inclusive verbais.
Diante de todas essas observações, é de se esperar que prevaleça a vontade do paciente em ser submetido à auto-hemoterapia, já que nada teria a perder com o seu uso; ao contrário, vai ser submetido a uma técnica que pode salvar sua vida, já que os tratamentos, medicamentos e aparatos médicos terão anunciado que nada mais poderiam fazer. Se essa for a vontade do paciente, que seja cumprida e que os médicos providenciem a aplicação da AHT na forma explicada detalhadamente pelo Dr. Luiz Moura, que a utiliza há mais de sessenta anos, com excelentes e surpreendentes resultados.
---
*Jornalista
Leia mais sobre auto-hemoterapia em http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm
29/05/2008 11:59
De: OLIVARES
IP: 200.20.24.250

Re: Depoimentos sobre autohemo

Boa tarde. Poderia fornecer o nome da instituição que representa, ou trabalha, sua qualificação profissional e referências ou pelo menos e-mail para troca de informações?
Colaboro da forma que posso para a divulgação da técnica bem como pela defesa do Ilustre Dr. Moura, mas devemos ficar atentos.
Afinal, esta técnica mexe com muitos intere$$es...
Não quero levantar suspeitas contra ninguém, não é esta minha intenção.
Aguardo retorno.
Um abraço.
Olivares
26/12/2011 23:15
De: M.Fetha
IP: 189.63.220.231

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos... Parte 86 - (LXXXVI)

Auto-hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos...
Parte 86 - (LXXXVI)
Presépio - W. M. (a*) - "Vi trinta Presépios de gênios/com a beleza do Menino Jesus/a apreensão de Nossa Senhora/São José com seu cajado forte/e a paisagem de Jerusalém/vi Nossa Senhora em oração/imaginando o destino do Filho/para a terra o Messias Salvador/num Manto branco de paz/músicas saudando o Filho de Deus/conectado com a luz do Céu/vi as essências daquele Mistério/fazendo da pedra o berço do Divino/o Espírito Santo com seu brilho/por Belchior, Gaspar e Baltazar/Jesus no colo da amada Mãe/o Pai pensativo pela relva/o sorriso de Nossa Senhora/a Mãe regeu uma alegria/em que o seu Filho ali nasceu".
Continuando o livro de Biologia (é de 1967) - HOLOPROTEÍNAS - São compostos unicamente de aminoácidos. Umas são solúveis na água, quando no estado coloidal: Histomas, protaminas, etc. Outras, só se dissolvem em presença de sais: globulina da gema do ôvo. Outras, não se dissolvem de nenhuma maneira: esclero-proteína, (queratina dos pêlos e unhas). HETEROPROTEÍNAS - As heteroproteínas são formadas por uma cadeia de aminoácidos ou um POLIPEPTÍDIO, no meio do qual encaixamos um GRUPO PROSTÉTICO. As principais são:
a) - FOSFOPROTEÍNAS: São as heteroproteínas que apresentam ácido fosfórico no grupo prostético. As mais conhecidas são a CASEÍNA e a VITELINA do ôvo. b) - GLICOPROTEÍNAS: O grupo prostético é um GLICÍDIO. c) - LIPOPROTEÍNAS: Quando o grupo prostético é um lipídio. As lipoproteínas são mal conhecidas. Bem estudadas estão apenas as do plasma. Entretanto, no cérebro, sabe-se que todas as proteínas praticamente estão sob a forma de lipoproteínas. d) - NUCLEOPROTEÍNAS: São as mais importantes. São PROTEÍNAS cujo grupo prostético é um dos ácidos: ribonucleico ou desoxirribonucleico (b*).
GLICOPROTEÍNAS: De acordo com o tipo de grupo prostético, as glicoproteínas se classificam em: a) - Condroglicoproteínas. b) - Mucoglicoproteínas. c) - Glicoproteínas neutras. Para entendermos esta divisão devemos voltar a 1938, quando Meyer, criou o vocábulo para designar os grupos prostéticos portadores de unidades de HEXOSAMINAS. O vocábulo criado foi: MUCOPOLISSACARÍDIO.
Os mucopolissacarídios neutros são constituídos apenas de hexoses e hexosaminas. Os mucopolissacarídios ácidos encerram ácidos urônicos e algumas vezes são sulfatados. Os mucopolissacarídios ácidos apresentam, conforme a hexosamina que contêm: a) - Os mucopolissacarídios propriamente ditos, formados com quitosamina ou glicosamina; b) - Os condromucopolissacarídios ácidos, formados com condrosamina ou galactosamina. Meyer reúne sob a designação de MUCOPROTEÍNAS ou MUCÓIDES todas as glicoproteínas, desde que contenham mais de 4% de hexosaminas.
a) - Condroglicoproteínas: têm o grupo prostético representado por um condropolissacarídio ou condromucopolissacarídio ácido. Entre os condropolissacarídios mais conhecidos temos: 1) A condroitina: Não sulfatada. Trata-se de um composto similar ao ácido hialurônico. 2) - Ácidos condroitin-sulfúrico. Em 1861, Fischer o isolou de cartilagem. O material encontrado no folículo umbilical, chamado gelatina de Warthon, é uma condroglicoproteína cujo grupo prostético é o ácido condroitin-sulfúrico. 3) Querato Sulfato: É predominante na córnea. (1).
Atendendo à inúmeros pedidos, suspendemos temporariamente nossas "transmissões radiofônicas" sobre o livro de Biologia, com a promessa de retornar ao mesmo no próximo artigo, e passamos a "transmitir" a história das PROTEÍNAS segundo outras fontes de informações. Antes nossos intervalos "musicais".
1º intervalo jurídico - Constituição Federal - Art. 5º - Inciso IV - É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.
Continuando a história das PROTEÍNAS - A história das PROTEÍNAS começa no século XVIII, com a descoberta de que certos componentes do mundo vivo, como a clara de ovo (albúmen), o sangue e o leite, entre outras, coagulam em altas temperaturas e em meio ácido. Substâncias com esse tipo de comportamento foram denominadas albuminóides (semelhantes ao albúmen).
Gerardus Johannes Mulder (1802-1880) usou pela primeira vez o termo PROTEÍNA (do grego proteios, primeiro, primitivo) para se referir às substâncias albuminóides. Na verdade, foi o sueco Jöns Jacob Berzelius (1779-1848), um dos mais importantes químicos da época, quem sugeriu o termo a Mulder, por acreditar que as substâncias albuminóides eram os constituintes fundamentais de todos os seres vivos.
O químico alemão Franz Hofmeister (1850-1922) sugeriu, em 1902, que as PROTEÍNAS seriam formadas por aminoácidos encadeados.
Enquanto prosseguiam as pesquisas sobre a natureza química das PROTEÍNAS, desenvolvia-se paralelamente o estudo das enzimas (enzimologia). Em meados do século XIX já se sabia que as enzimas apresentavam semelhanças com as PROTEÍNAS. Entretanto, foi sómente na década de 1930 que se esclareceu definitivamente a natureza química das enzimas: todas elas são formadas por uma ou mais moléculas de PROTEÍNA. Nessa época, já era amplamente aceita a idéia de que as reações químicas vitais são catalisadas por enzimas. (2).
2º intervalo jurídico - Constituição Federal - Art. 5º - Inciso IX - É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença.
Consta num Dicionário de Termos Médicos (é de 1946): DIAPEDESE (p. 136) - Saída dos glóbulos dos vasos, através de suas paredes aparentemente íntegras. De DIAPEDESES, formado de DIAPEDAS, transportar-se soltando. FAGÓCITO (p. 193) - Célula que absorve e engloba bactérias, outras células e substâncias estranhas. De fagein, comer e kitos, célula. Der. fagocitável, fagocítico. MACRÓFAGO (p. 268) - FAGÓCITO GRANDE. (3).
Resumo da ópera imunológica: AUTO-HEMOTERAPIA + DIAPEDESE + FAGOCITOSE + QUIMIOTAXIA + MONÓCITOS + MACRÓFAGOS = IMUNOLOGIA.
Muita atenção leitores musicais: Recebemos a informação de que a música, a orquestra e o maestro irão suspender a greve nos próximos dias. A informação nos foi repassada primeiro por um MONÓCITO e a seguir por um MACRÓFAGO, ambos integrantes da agência de notícias QUIMIOTAXIA...
(a*) - W. M. - advogado, escritor, jornalista e poeta. (b*) - RNA ou DNA.
Se Deus nos permitir voltaremos outro dia. Desejamos a todos um promissor 2012. Bom dia.
P. S. - Agradecemos a colaboração jurídica de Victor, brilhante estudante de Direito.
Aracaju, 24 de dezembro de 2011.
Jorge Martins Cardoso - Médico - Crm 573.
Fontes: (1) - BIOLOGIA - Irmãos Maristas - Aurélio Bolsanello - Professor de História da Ciência e de Citologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Católica do Paraná. Coordenador do curso de História Natural do Colégio Santa Maria de Curitiba. José Daniel van der Broocke Filho - Professor de Biologia Geral e de Genética da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Católica do Paraná. Professor do Colégio Santa Maria de Curitiba. Médico Veterinário - 1967 - Editora F. T. D. S/A - Rua do Lavapés, 1.023 - SP - SP - páginas 392 e 393 - (581 páginas). (2) - Dra. Internet e Dr. Google. (3) - Dicionário de Termos Médicos - Dr. Pedro A. Pinto - Catedrático da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro - 4ª Edição - Of. Graf. - Fábrica de Bonsucesso - Rio - 1946 - páginas 136, 193 e 268 - (403 páginas).
http://www.hemoterapia.org/publicacoes/auto-hemoterapia-dr-fleming-e-os-antibioticos-parte-86.asp http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-jmc.htm
http://amigosdacura.ning.com/profiles/blogs/auto-hemoterapia-dr-fleming-e-os-antibi-ticos-parte-86-lxxxvi
23/04/2008 15:21
De: ELIANIA GLEDES ANDRADE da CRUZ (elianiagledes@hotmail.com)
IP: 201.58.104.146

Benefícios que consegui fazendo auto-hemoteraoia

Estou fazendo ATM há um ano;senti bastante melhora nas crises de TPM,melhorou 80% a alergia que tenho à bijouterias;senti melhoras acentuadas nas crises de colite e o mais interessante é que me sinto c/ disposiçao e vigor de quem  tem +- 20 anos(tenho 52 anos)inclusive na atividade sexual.
Agradeço sempre à minha tia que me trouxe o DVD do Dr Luiz atavés do qual tive acesso à esse maravilhoso tratamento!
Em tempo:fiz recentemente exames de sangue pré-operátorio(tds s/ alterações) e tb pesquisa de sangue oculto nas fezes que deu negativo;minha pressão arterial se mantém em 120x70
durante esse tempo não tive gripe nem resfriado.
01/01/2009 19:19
De: Jorge do RJ (holandajorge@ig.com.br)
IP: 189.60.131.26

Re: Re: Rowachol.

Caro Joel, já ví o site dela, mas não fala do rowachol,
Falo do azeite e óleo, que eu acho arriscado fazer sem orientação médica direta em consulta.
Abç, Jorge.
11/10/2010 20:46
De: Marcelo Fetha
IP: 189.123.87.120

Até quando Anvisa e Médicos vão Ignorar a auto-hemoterapia. Sou filha de médico, mãe de médico, e com muitos médicos na família ...

Domingo, 10 de outubro de 2010 – 20:13:00
Enfermidades selecionadas: Câncer
Até quando Anvisa e Médicos vão Ignorar
Sou filha de médico, mãe de médico, e com muitos médicos na família, meu pai, em 1948 já fazia Auto-hemo em pacientes antes de cirurgias, mas os Laboratórios, por interesses proibem, claro, imunidade a custo zero…Meu marido teve cancer, e nós dois fazemos Auto hemo há mais de 2 anos sem parar, com ótima saude…
Ligia da Luz Posser
60 anos – Canela RGsul
www.hemoterapia.org/depoimentos/ate-quando-anvisa-e-medicos-vao-ignorar.asp
Seu IP: 54.166.130.22 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)