Este é um forum dedicado a discussões sobre os mais variados tipos de alergia dermatológica e respiratória. Portanto, é um forum dedicado ao cidadão ou ao profissinal de saúde que queira discutir (com seriedade) questões relativas aos temas propostos. Não são benvindos vendedores de produtos ou aqueles que fazem "simpatias".

Tags: sinusite rinite bronquite asma alergia eczema
11/05/2010 09:00
De: Maris koch
IP: 187.4.46.62

Re: Re: Re: Re: Dor nas costas

Oi!Gostaria que me dessem uma ajuda.Moro na cidade de Crissiumal,isso da uns 500 km de P.A e é dificil eu ir prai fazer uma consulta e aqui nosso atendimento é precario.Tenho 41 anos e comecei a sentir dor na ponta da costela esquerda,a dor se tornou tão intensa que se espalhou em toda minha lombar me mediquei com tilex p/dor e alginac 1000,antinflamatório.Fui ao laboratorio e pedi um raio x da coluna lombar que deu o seguinte:
Corpos vertebrais com altura,densidade e contornos normais.
espaços discais com amplitudes usuais.
Pediculos,arcos posteriores integros.
Alinhamento vertebral posterior mantido.Gostaria de saber se esta normal,ou se devo fazer um outro exame e que tipo.Tomei todo o antinflamatório e a dor esta voltando.Fico grata se puderem me ajudar.Obrigado!
29/11/2012 12:30
De: Manoel Cardoso
IP: 201.50.69.200

Re: Tenho alergia a agua de chuva, vento frio e suor na minha pele

tenho 42 anos e a alguns anos convivo com essas alergias, na epoca de chuva, vento e de frio, pois quando fico exposto ao vento, quando caminho muito tempo e quando tomo chuva , tenho tendencia de me impolar todo e meu corpo vai ficando todo vermelho,  e começa a coçar muito, sinto que minha pele esta impolando, e ficando vermelha. aqueles que tiver alergia parecida ,entre e contato comigo, um abraço
24/10/2010 03:40
De: Juliana
IP: 189.63.244.157

O que eu tenho?

O meu nariz fica entupido 24 horas por dia, eu cansei de respirar pela boca e agora estou usando neosoro.É a única maneira de eu dormir. O muco é incolor e "fino". As vezes sinto dores no peito e vem uma tosse seca, mas não é sempre. A dor parece que está "queimando" por dentro. Me sinto cansada sempre. Eu tenho sinusite, a minha mãe disse que eu tinha rinite alergica quando criança, mas eu nunca tinha tido nenhum "ataque" de rinite (não depois de crescida) Seria isso mesmo? rinite?
Se não, o que pode ser? Obrigada.
12/07/2009 19:55
De: valter (vdmj@ig.com.br)
IP: 201.53.137.50

Re: Re: Crise alergico com crise de tosse alergica

olá daniele!  vou relatar uma experiência que passei com minha filha. Minha filha tinha 2 anos quando passou por essa mesma situação, quando começava a crise tinha que levar com urgencia para a emergencia,pois os sintomas eram os mesmos e isso acontecia sempre na mudança de tempo, passei um sufoco!.
Tive uma solução quando me indicaram uma alergista , Dra. Mônica Domingues que atente no hospital memorial em frente ao norte shopping no Rio, ela fez os teste anti alergicos e resolveu com seretide aerossol e vacina uma vez por semana ,imunoterapia.Eu não posso falar que sua filha tenha o mesmo que a minha e o tratamento tenha que ser igual , se vc mora no Rio talvez eu possa conseguir uma consulta com a Dra Mônica.
Se ja resolveu o problema de sua filha fico feliz !!
17/08/2010 23:56
De: Valéria
IP: 189.36.178.134

Re: Re: Hixizine

Ooi, estou com uma dúvida sobre essa medicação,
tive uma crise de desidróse e tomei esse medicamento por 2 meses, e agora com o frio excessivo em petrópolis essa reação alérgica reapareceu.
O medicamento agirá da mesma forma ou meu organismo já se adaptou à medicação.
Obs: a primeira crise foi a dois meses atrás.
Obrigada  !!
29/09/2009 09:24
De: Dr Gilberto
IP: 189.77.2.34

Re: Re: Re: Re: Re: Alergia agua gelada e vento

Olá Shirlei
As síndromes de urticária a frio podem ser classificadas em adquiridas (primárias, secundárias e atípicas) e familiares (inflamatórias e tardias). O teste de estimulação com o frio (urticária cinco a 10 minutos após a aplicação de um estímulo a 0°C) é positivo nas primárias e secundárias, e negativo nas atípicas e familiares. As urticárias a frio secundárias incluem: crioglobulinemia, leucemia linfocítica crônica linfossarcoma, vasculites leucocitoclásticas, mononucleose infecciosa, sífilis, sarampo, infestações parasitárias, afecções acompanhadas de crioaglutininas e hemolisinas, criofibrinogenemia, doenças do colágeno, reações medicamentosas (griseofulvina, e contraceptivos orais), e picadas de insetos. As urticárias a frio atípicas incluem: urticárias a frio localizadas ou sistêmicas com os testes de estimulação com o frio negativos, urticária colinérgica a frio, dermatografismo a frio, urticária a frio tardia, e urticária a frio reflexa. As urticárias a frio familiares apresentam hereditariedade autossômica dominante, e podem ser tardias.
As urticárias familiares a frio são raras. O fator precipitante é a exposição ao ar frio. Surge em meia a três horas, sendo que as formas tardias em nove a 18 horas. Duram cerca de um a dois dias. Há uma sensação de queimação cutânea nas áreas acometidas, além de estarem presentes com freqüência: cefaléias, artralgias, febre, mialgias, calafrios, e leucocitose. Não se obteve transferência passiva. A etiologia é desconhecida. Comportam-se como vasculites. As biópsias cutâneas revelam infiltrados inflamatórios com leucócitos polimorfonucleares (forma imediata) e células mononucleares (forma tardia), ambas com edema. Os testes estimulatórios com o frio (cubo de gelo no antebraço e imersão das mãos em água gelada) são negativos. O teste diagnóstico consiste em expor o paciente ao ar frio por 20 a 30 minutos. A terapêutica consiste em evitar a exposição ao frio. O tratamento com antagonistas anti-H1 apresenta resultados precários.
As urticárias a frio essenciais (adquiridas) compreendem um a 3% de todas as formas de urticária. Os fatores precipitantes incluem o contato direto com o frio e/ou superfícies frias. Surgem em dois a cinco minutos. As formas mais severas, geralmente, são mais precoces. Duram uma a duas horas. Melhoram com o aquecimento. Além da urticária pode ocorrer o angioedema perioral (língua e lábios), após o contato direto com bebidas geladas. Acompanham-se freqüentemente de síncope e de outras manifestações anafiláticas. Após a provocação a frio detectou-se a elevação sangüínea de mediadores dos mastócitos. Em alguns pacientes demonstrou-se um fator de transferência (IgE). Pode ocorrer remissão espontânea. Os testes diagnósticos incluem a imersão das mãos em água a 10°C por cinco minutos, e a aplicação de um cubo de gelo, envolvido em plástico, na pele do antebraço por cinco minutos, e o aparecimento de urticária localizada. A terapêutica compreende: evitar a exposição ao frio, ciproheptadina e outros antagonistas anti-H1, doxepina (anti-H1 e anti-H2), e quando possível a indução de tolerância. Convém salientar a existência de uma forma peculiar de dermatografismo a frio, que só ocorre em pele esfriada.
Procure um alergista especialista no assunto para acompanhá-la.
Não utilize medicamentos sem orientação médica.
Boa sorte
Dr Gilberto
www.alergiaonline.page.tl
16/12/2014 19:13
De: andrea lino
IP: 191.32.166.129

Urticaria

Obrigada por responder.
Tomei anti-inflamatórios  quando sai da maternidade. Agora não faço uso de nenhum.
Será que pode ter sido os que eu tomei?
16/12/2014 12:35
De: Dr Gilberto
IP: 201.70.169.215

Urticaria

Urticárias (placas vermelhas) e angioedemas (edemas dos lábios e pálpebras) são problemas bastante comuns após utilização de
medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos. Você usou ou usa algum tipo de remédio para a dor (dorflex, novalgina,aspirina,etc...).
Se estiver utilizando algum medicamento, leia a bula e veja se causa estas reações...
Quanto ao uso de medicamentos, retorne ao alergista que foi e converse com ele. Se ocorrer uma reação mais intensa, obviamente, será necessário medicá-la. Existem medicamentos anti-alérgicos que produzem menos sonolência...talvez possa utilizá-los...Converse com o pediatra da criança e com o seu alergista !
Boa sorte
Dr Gilberto
www.alergiaonline.page.tl
07/01/2015 21:29
De: Maria Luíza
IP: 177.192.142.139

Alergia

Boa noite, tem alguns anos que tem aparecido umas manchas
vermelhas no meu corpo, toda vez que eu que eu fico exposta a um ambiente muito quente, quando tomo banhos quentes, saio na rua quando está muito quente até mesmo quando choro. Gostaria de saber o que eu tenho, pois, já fui em vários médicos e nada do que eles me passaram resolver. Um diz que é uma coisa, outro diz que é
outra. Não sei mais o que fazer.
13/01/2015 00:07
De: Junior Possel
IP: 189.11.114.66

Alergia... Pele..

Boa noite, Minha Namorada tem algum tipo de alergia na pele. Pois de repente começa coceiras e o local onde coça incha... Fomos em alguns médicos e nenhum sabe dizer que tipo é... fizeram vários exames e nada... só para se ela toma dicloridrato de hidroxizina, mas esse remédio deixa ela muito ruim... nervosa, sonolenta de mais...
Mas os efeitos colaterais não vem ao caso... alguém já viu uma alergia assim? Podem me ajudar?
22/01/2015 03:35
De: Alberto cesar (albertocesarbatista@hotmail.com)
IP: 186.232.216.214

Me ajude por favor dr(a) alergia

Ah um certo tempo vinha
usando ecstasy e depois de um
certo tempo venho apresentar
coceiras por todo o corpo faz
um mes q n utilizo e nao quero
nem ver mais...so q essa coceira
ela nao passa so passa por no
maximo tres dias qndo tomo
hixizine e logo apos esses tres
dias volta a coceira sem
controle...dai de tanto usar
hixizine esta dando tipo um
pigarro um bolo na garganta tipo
querendo escarrae dai so passa
qndo passa o efeito do hixizine e
ao passar vem s coceira...oq
devo fazer dr(a)?
09/02/2015 17:47
De: marconi (marconioliveira@gmail.com)
IP: 152.237.221.167

Alergia a cerveja

BOA TARDE,
TENHO ALERGIA A CERVEJA, QUANDO BEBO MUITA CERVEJA MIM DA  UMA COCEIRA NO SACO ESCROTAL.
SÓ QUE ÚLTIMAMENTE DEIXOU DE COÇAR SEM MAIS NEM MENOS?
É NORMAL?
EXISTE ALGUM EXAME DE SANGUE QUE POSSA IDENTIFICAR SE A COCEIRA É M,ESMO DE ALGUM ELEMENTO QUE FABRICA A CERVEJA?
OBRIGADO
Seu IP: 54.161.147.106 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)