Cloreto de Magnesio P.A. Está comprovado cientificamente que a grande maioria dos seres humanos apresentam carência do elemento MAGNÉSIO no organismo, sendo este muito importante para o nosso metabolismo. A pagina oficial: http://www.cloretodemagnesio.com ATENÇÃO! NÃO ESTOU CONSEGUINDO RESPONDER NO FORUM. ENVIEM EMAIL PARA: cloretodemagnesio@uol.com.br

Tags: diabetes hipertensao artrite artrose magnesio
13/05/2009 14:43
De: magdalena
IP: 189.77.3.21

Re: Re: Cloreto de magnesio

 
   Boa tarde.
   
 Obrigaado pela gentileza de ter respondido a minha pergunta.Gostaria de saber como e feita essa dose? É separadamente ou faz como em outrs anuncios que manda dissolver 33mg em 3 litros de água,não vai ficar muito ruim<
 Obrigada
16/10/2009 23:44
De: Admilson
IP: 200.161.164.77

Cloreto de Magnésio P.A.

Artrite, Artrose, Tendinite tem cura.  
Está comprovado cientificamente que a grande maioria dos seres humanos apresentam carência do elemento Magnésio no organismo, sendo este muito importante para o nosso metabolismo.
O stress, a idade, drogas, bebidas alcoólicas, fumo, alimentação deficiente podem levar a uma carência cada vez maior resultando em complicações como artrose, problemas reumáticos, arritmias, infarto e problemas circulatórios.
De acordo com instituições nacionais e internacionais, a dose diária de MAGNÉSIO recomendada é de 300mg/dia e isso não se consegue somente com a alimentação comum.
O MAGNÉSIO é o 2º elemento mais abundante nos líquidos celulares e é encontrado também nos ossos, músculos esqueléticos e cardíacos, fígado e rins; sendo que atua diretamente em mais de 300 enzimas do nosso corpo e na síntese de ATP (energia). Isso se dá pois a deficiência deste elemento reflete numa demora do suprimento dessa energia (ATP), afetando todas as funções corporais associadas ao consumo deste, havendo decadência celular.
O Magnésio não é nada menos que um mineral milagroso no seu efeito sobre a cicatrização de uma vasta gama de doenças, bem como na sua capacidade de rejuvenescer e evitar o envelhecimento do corpo. Sabemos que é fundamentais para muitas reações enzimáticas, em especial no que diz respeito às celulares de produção de energia, para a saúde do cérebro e o sistema nervoso, e também para os dentes e ossos saudáveis. No entanto, pode constituir uma surpresa que, sob a forma de cloreto o magnésio também é um impressionante lutador contra infecção.
O primeiro proeminente pesquisador a investigar e a promover os efeitos antibióticos do magnésio foi um cirurgião francês, Professor Pierre Delbet MD. Em 1915 ele foi à procura de uma solução para limpar feridas dos soldados, porque ele descobriu que os anti-sépticos tradicionalmente utilizados nos tecidos danificados incentivavam as infecções em vez de as prevenir. Em todos os seus testes a solução de cloreto de magnésio foi de longe a melhor. Não somente ele era inofensivo para os tecidos, mas também aumentava enormemente a atividade dos leucócitos e a fagocitose, a destruição de micróbios.
Mais tarde o Prof Delbet também realizou experimentos com aplicações internas de cloreto de magnésio e descobriu ser um poderoso imuno-estimulante. Em suas experiências a fagocitose aumentou em até 333%. Isto significa que após ingestão do cloreto de magnésio o mesmo número de glóbulos brancos destruía até três vezes mais micróbios do que antes.
Gradualmente o Prof Delbet descobriu que o cloreto de magnésio era benéfico para uma ampla gama de doenças. Estes incluíram doenças do aparelho digestivo, tais como colite e problemas na vesícula, doença de Parkinson, tremores e cãibras musculares, acne, eczema, psoríase, verrugas e prurido cutâneo, impotência, hipertrofia prostática, cerebral e problemas circulatórios, asma, febre, urticária e reações anafiláticas. Cabelo e unhas ficaram mais fortes e saudáveis e doentes tinham mais energia.
Prof. Delbet também descobriu um efeito preventivo muito bom sobre o câncer e em condições pré-cancerosas, tais como leucoplasia, hiperqueratose e mastite crônica. Estudos epidemiológicos confirmou que as regiões ricas em magnésio no solo tinham menos câncer do que aqueles com baixos níveis magnésio.
Outro médico francês, A. Neveu, curou vários doentes com difteria utilizando o Cloreto de Magnésio em dois dias. Ele também publicou 15 casos de poliomielite que foram curados dentro de dias se o tratamento foi iniciado imediatamente, ou dentro de meses se paralisia já tivesse progredido. Neveu também descobriu que o cloreto de magnésio era eficaz com asma, bronquite, pneumonia e enfisema; faringite, amidalite, rouquidão, frio comum, gripe, coqueluche, sarampo, rubéola, caxumba, escarlatina; envenenamento, gastrenterite, furúnculos, abscessos, feridas infectadas e osteomielite.
Em anos mais recentes o Dr. Vergini e outros já confirmaram estes resultados já publicados anteriormente e têm mais doenças adicionadas à lista de utilizações bem sucedidas: asma aguda, choque, tétano, herpes zoster, conjuntivite aguda e crônica, neurite óptica, as doenças reumáticas, muitas doenças alérgicas, Síndrome de cansaço crônico e efeitos benéficos no tratamento do câncer. Em todos estes casos, o cloreto de magnésio tinha sido utilizado e deram resultados muito melhores do que outros compostos magnésio.
Utilizado para cura e prevenção de:
CIRCULAÇÃO: angina, arteriosclerose, pressão arterial e colesterol elevado, infartos cardíacos, hipertensão, acidentes vasculares cerebrais, taquicardia (pulso rápido), trombose.
SISTEMA DIGESTIVO: cólicas, constipação, diarréia crônica, malabsorção, pancreatite (inflamação do pâncreas).
SISTEMA NERVOSO: apatia, confusão, depressão, desorientação, epilepsia, alucinações, irritabilidade, doença mental, esclerose múltipla, nervosismo, neurite, paranóia, doença de Parkinson, falta de memória, senilidade.
GERAL: alcoolismo, artrite, ossos quebrados, calcificação em qualquer órgão, o câncer, a Síndrome de Fadiga Crônica, diabetes, dores de cabeça, infecções e inflamações, cirrose hepática, lúpus eritematoso, enxaquecas, a velhice, os problemas da próstata, raquitismo, rigidez -- Mental e física, pele enrugada e dura, rigidez, formação de pedra na vesícula ou rins, tiróide, faringite, amidalite, rouquidão, resfriado comum, gripe, asma, bronquite, pneumonia, broncoconstrição, enfisema pulmonar, "as doenças das crianças" (tosse, convulsão, sarampo, rubéola, caxumba, febre escarlate ...) , envenenamentos, gastrenterite, furúnculos, abscessos, erisipela, feridas.
É também conhecido como o mineral do rejuvenescimento.
Visite: http://www.cloretodemagnesio.com
Solicite mais informações:
Xavier
Campinas - SP
Fone: (19) 9625-9711
Email: cloretodemagnesio@uol.com.br
Home Page: http://www.cloretodemagnesio.com
Msn: cloretodemagnesio@hotmail.com
22/02/2008 13:23
De: Jorge Vieira
IP: 189.10.118.192

Re: Promoção do Cloreto

Olá, Admilson,tudo bem?
Tenho 46 anos, tive um problema no pulmão a 16 anos atrás (era fumante), hoje tenho problema de estufamento (qualquer coisa que como á noite incha a barriga ) fico sentindo algumas dores, gases, etc. será que posso tomar sem problema?
Quanto á promoção (2 vidros de 500 gramas cada R$60, + desp correio); tenho interesse!Me envie o numero de sua conta, por gentileza!
Aguardo resposta!
       Jorge Vieira
12/09/2007 01:41
De: Maurício Sabbi (mauricio@sabbis.com)
IP: 201.35.157.212

Enxaqueca/zumbido

Olá!
Tenho enxaqueca com aura e me parece que ao tomar o Cloreto de Magnésio as crises aumentam. É uma pena pois já me beneficiei muito com o tratamento de varises. Gostaria de continuar tomando pois fiquei sabendo que o MAGNÉSIO é um elemento necessário para a redução de zumbido. Você tem alguma sugestão sobre essa influência do Cloreto de Magnésio na enxaqueca?
27/03/2008 22:25
De: Admilson
IP: 201.43.155.77

Re: Cloreto de magnésio

Com toda certeza. Com o uso contínuo do Cloreto de Magnésio o intestino funciona normalmente. Claro que ao utilizar não haverá só esse benefício, mas também outras funções do organismo voltarão a funcionar corretamente e melhor.
Não perca tempo. Com toda certeza haverá um melhora maravilhosa.
Sds.
Admilson
MSN: cloretodemagnesio@hotmail.com
22/08/2010 14:55
De: zelia duarte (alegria_vida@hotmail.com)
IP: 189.104.13.247

Re: Re: Cloreto de Magnesio ajuda na Psoriase

 hoje foi um dia bem dificil para mim, soi portadora de psouriase.as minhas maos estao loucas, de dor e tal e tal. lendo o relato de marcelo zeri, isso me encentivou a fazer uso do clereto de magnesio.obrigado a todas as pessoas que tiveram sua experiencia e tiveram tamb[em a necessidade de compartilha-la com as outras pessoas que precisa se curar desta doenca tao chata. preciso saber onde consequir para compra o cloreto de magnesio puro.  zelia duarte
18/07/2009 17:51
De: MARIA HELENA DE JESUS PEREIRA (m.jesuspereira@hotmail.com)
IP: 83.223.164.113

Re: Cloreto de magnésio

Queria comprar o cloreto de magnésio PA.
POR FAZOR DIGA COMO POSSO ADQUIRIR . MORO NO FUNCAHL E GOSTAVA QUE ME RESPONDA POR FAVOR ATRAVÉS DO EMAIL.
GRATA PELA ATENÇAÕ
29/06/2009 19:21
De: maria luiza
IP: 189.56.61.59

Re: Efeitos colaterais

oi tenho hernia de Disco, e hipotireodismo mais controlado tomo remedio  puran t4 75 ml , posso tomar  cloreto de magnesio? quais os efeitos  colaterais, estou tomando 01 vez por dia. posso aumentar.
Seu IP: 54.161.57.177 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)